Uma brisa de ética

Paulino Ascenção é um dos sete deputados eleitos pelos círculos eleitorais da Madeira e dos Açores que, de acordo com a investigação do Expresso, são reembolsados por viagens que não pagam.

Pelo PS, estão envolvidos o líder da bancada socialista, Carlos César e os deputados Lara Martinho, João Azevedo Castro, Luís Vilhena e Carlos Pereira, enquanto pelo PSD o parlamentar Paulo Neves. [TVI24]

O deputado do BE deu o exemplo e só tenho a agradecer por ainda haver quem não assobie para o lado perante um escândalo. Só falta os senhores do PS e do PSD saírem pela porta da frente perante a falta de ética com que, por vezes, enchem o seu discurso.

Comments

  1. antero seguro says:

    Está mais do que visto que as instituições do Estado e também os órgãos de Poder são os locais ideais para os parasitas que proliferam pelos partidos do bloco central (PSD/PSD(CDS) tirarem ao abrigo duma legislação habilmente tecida por eles, em seu próprio beneficio. Tipificando uma espécie de nepotismo tolerado. Claro que agora acabou apanhado na rede um deputado do BE que só lhe resta sair da Assembleia da República pela porta dos fundos e se tiver um pingo de vergonha na cara, deve demitir-se ou no extremo, caso o não faça, ser demitido do partido. Não basta dizer, cabe agora ao BE demonstrar que não é um partido igual aos outros.

  2. Rui Naldinho says:

    No PSD, no PS, e mesmo no CDS, está a pior escória que a política pariu nos últimos quarenta anos.
    E sejamos intelectualmente honestos. Desde o 25 de Abril de 1974 até aos dias de hoje, aquilo tem vindo sempre a decair.
    Se Mário Soares metia o socialismo na gaveta e já tinha um “PS desconhecido”, o PSD tem na Banca (falida) o seu filão de ouro.
    Não há grande negócio neste país, onde esta gente, os filhos, os netos, os enteados, ou mesmo os irmãos e primos desavindos, não estejam metidos.

  3. Bento Caeiro says:

    Só prova que há situações onde a democracia efectivamente funciona. Assim ficamos a saber que tanto rouba o PS, como o PSD e o BE. E não se venha com a conversa – desculpabilizante – de que:
    “O deputado do BE deu o exemplo e só tenho a agradecer por ainda haver quem não assobie para o lado perante um escândalo.”
    Porque o deputado do BE não deu exemplo algum, simplesmente, sai porque foi apanhado; caso contrário continuaria com o mesmo comportamento. E os outros também deverão seguir, como é óbvio, o mesmo caminho.
    Mais uma vez se comprova que, apesar da tanta falácia, de tão diferentes, tão iguais que eles de facto são.


    • Ou nem isso. É que, pelos vistos, o deputado já há algum tempo que tem vindo a dizer que tencionava sair. Esta situação só antecipou a saída.

      • Bento Caeiro says:

        Com tanta falácia lá da santa da sua igreja, deve ter começado a pensar que quando apanhado não haveria milagre que o salva-se e, certamente, iria para o inferno. Também podemos admitir que a santa, num acto de caridade, já o tivesse avisado, deste modo:
        Olha lá, oh PAULINHO, vê lá o que andas a fazer!
        Não queiras, por migalhas agora, estragar, o muito que
        PODEMOS obter, se a nossa ASCENÇÃO às alturas –
        agora que podemos chantagear o PS – se
        vier a dar.

    • j. manuel cordeiro says:

      Sem dúvida que o deputado do BE errou ao receber o dinheiro das viagens. A observação no post refere-se apenas ao que se seguiu depois de desmascarado.

  4. A.Silva says:

    Depois de ter sido apanhado:
    “O deputado do BE deu o exemplo e só tenho a agradecer por ainda haver quem não assobie para o lado perante um escândalo.”.

    Afinal o BE tão novinho e já com os piores vícios dos partidos do sistema, só demonstra que rapidamente se estão a adaptar a esse mesmo sistema.

  5. antero seguro says:

    Claro que esta atitude do deputado ao andar a facturar por caminhos ínvios é demolidora para o próprio BE que deve não só aceitar a sua demissão da AR como também exigir que ele se demita na Madeira. Os danos por ele causados são substanciais e claro que os adversários políticos do BE aproveitam para meter tudo no mesmo saco.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.