“Penso todos os dias nos lesados do BES, e sofro com isso”

RS.jpg

Ricardo Salgado deu uma entrevista à TSF, na qual afirmou, e cito, “Penso todos os dias nos lesados do BES, e sofro com isso”. Imaginei imediatamente Adolf Hitler, a ser entrevistado e a afirmar que também pensava todos os dias nos judeus chacinados nas câmaras de gás, e a revelar o seu sofrimento perante do mal que propositadamente infligiu àquelas pessoas. Vá lá que nem todos os vilões são hipócritas.

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    O estado a que se chegou concede-lhes indulgências para que tenham tempo e capacidade para gozar com a nossa cara…

  2. Fernando Antunes says:

    Para um mentiroso compulsivo, pedir desculpa não deve ser assim tão difícil. O exemplo dado no post é bom: imaginem o tio Adolfo a pedir desculpa aos sobreviventes do Holocausto e aos familiares dos mortos “eu sei que fiz aí umas maldades e tal; foi chato”.

    A frase do Salgado é exactamente aquilo que parece: um insulto. O pior dos insultos possíveis, aliás, por alguém que transferiu para a mulher e filhos e outros familiares 2 mil milhões de euros imediatamente antes do colapso do BES — onde é que está esse dinheiro agora? Foi devolvido aos lesados? Nem por sombras. Esse arrependimento só serve para juntar insulto à agressão.

    As desculpas não se pedem, evitam-se — sempre ouvi dizer. Mas num país onde a impunidade para os ricos é a única norma, não me admirava se o Ricardo Salgado tivesse dito a frase “penso todos os dias nos lesados do BES”, com a cara que está na foto.


  3. Com v/ licença, pois que a frase :

    “penso todos os dias nos lesados do BES”,
    com a cara que está na foto
    foi enviada agorinha mesmo por email para amigos com o seguinte título montipythonesco em Assunto :
    ” Piada de Carnaval a rir muito”

    Bom entrudo ! : )

  4. Julio Rolo Santos says:

    Ignorar este mafioso é a melhor forma de honrar os lesados do BES.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.