Os resultados eleitorais…

Faltam os quatro eleitos pelos círculos da emigração, que devem ser distribuídos pelo PSD e PS, cada um com dois mandatos. Dia 7 chega a confirmação.

Resultados das Eleições Legislativas

Resultados das Eleições Legislativas

O CDS ganha com a vitória do PS

O PS, este PS, dos grandes negócios, dos ajustes directos, das obras faraónicas, do controle da Justiça, dos escândalos contínuos que envolvem altas figuras, incluindo o seu secretário geral, não só desnata o país como debilita a esquerda.

Não olhem para o lado, apresentem a conta a Sócrates, mas o CDS é o grande vencedor destas eleições. Já é, e mais será, se se concretizar o que parece possível. Tornar-se a terceira força política do país e conseguir ser a força charneira da governação.

O peso assustador do Estado, as grandes empresas públicas, os grandes grupos económicos que vivem à conta do Orçamento, o elevado nível de fiscalidade, começa a fazer os seus efeitos. Empurrar eleitores para a direita.

Quando a verdade ,toda, se souber sobre a situação das contas públicas, vamos todos perceber o que significa um país condenado à pobreza. E, os partidos sabem, não vão aceitar pagar parte da factura. 7% de déficite (o maior de sempre) 11% de desemprego ( desde que somos uma democracia o maior ) 100% do PIB de dívida (a maior de sempre ,há dez anos era de 10%) o crescimento do PIB será de 1.8% (um dos mais baixos do mundo ) condena-nos à pobreza e não garante a sustentabilidade da Segurança Social nem o SNS.

Sócrates com a sua pesporrência, teimosia, mentiras e incompetência está a fazer uma limpeza no arco dos partidos com assento parlamentar.

Para já dá cabo da Esquerda, mais tarde talvez apareça um PS refundado com pontes ao BE, o que obrigaria a um rearranjo no centro e à direita.

Votei para me livrar desta gentalha!

Consegui!

Manuela Ferreira Leite a caminho dos dias complicados

Não há grande margem para dúvidas. Embora tenha vencido as Europeias e vá vencer as Autárquicas, Manuela Ferreira Leite terá sérias dificuldades em manter a liderança do PSD. Era nestas eleições que a presidente, que não sonhava lutar pelo cargo de primeiro-ministro, tinha de mostrar o que valia. E falhou em toda a linha.

O PSD não ganhou ao PS, o CDS ganhou votos ao PSD e Manuela Ferreira Leite não foi uma mais valia. Após as próximas eleições, convoca o conselho nacional. Até lá deve receber algum período de paz, mesmo que podre, mesmo que afectada pela intriga. Depois abre-se a corrida à liderança.

A noite eleitoral minuto a minuto (21.00 – 22.00)

À moda de Roma, contas a 3?

Sócrates, Louça e Portas?

francisco-louca

jose_socrates-c400

paulo_portas

A noite eleitoral minuto a minuto (19.20 – 21 h)

No Chat do Aventar, a conversa decorreu animada entre as 19.20 e as 21. E fomos nós os primeiros a divulgar as primeiras sondagens:

[Comentário de FMSá]
Sócrates ganha mas perde maioria absoluta. Mas ganha com folga.
19:20 FMSá: Vai começar a noite das facas longas no PSD…
19:21 [Comentário de João J Cardoso]
E na folga caberá o CDS? A cara do Paulo Portas parece dizer que sim
19:21 [Comentário de José Freitas]
PS volta a vencer.
19:21 FMSá: Mais resultados, agora da católica:
19:22 FMSá: PS 38, PSD 29, BLOCO 12, CDS 11, CDU 8
19:22 José Freitas: Não há maioria absoluta.
19:22 FMSá: Isto dito a correr ao telemóvel, ehehehehe
19:23 FMSá: Mas há uma absoluta derrota de Ferreira Leite que nem com um Sócrates de rasto conseguiu um bom resultado!
19:23 [Comentário de paulo abrantes]
Abstenção poderá ser mais alta que em 2005, segundo a U. Católica
19:23 FMSá: Portas, O Sobrevivente
19:25 João J Cardoso: Esses resultados davam 2 derrotados, é muito para uma noite de eleições em Portugal
19:27 [Comentário de A.DIAS]
Se o PS vencer vai ser por diferença minima, infelizmente.

19:54 João J Cardoso: Isto parece uma colónia da Alemanha: as sondagens são quase iguais às que temos

19:55 JoãoPaulo: Não há nada como uma eleiçãozita para juntar os Aventadores. A todos um tremendo abraço!

19:55 João J Cardoso: O quase chama-se Manuela F. Leite versus Merkel…

19:56 JOSÉ MAGALHÃES: Recebido e devolvido, João Paulo

19:57 Belina Moura: Não acredito que o Sócrates reconduzisse a Lurdinhas! Ia era achar que tinha feito muito bem em nunca a ter eliminado e mantê-la-ia lá!

19:57 [Comentário de Nuno Castelo-Branco]
Vou colocar o link agora mesmo, desculpa.

19:57 João J Cardoso: Qual é o canal que nos falta, para termos todas as sondagens?

19:57 [Comentário de Nuno Castelo-Branco]
Já está…

19:57 Luis Moreira: O BE é a chave

19:57 JoãoPaulo: O da mancha João eheheh

19:57 João J Cardoso: Eehehe, Boa João Paulo

19:57 JoãoPaulo: Não Luís – a chave é o PP ou o BE… mas estou como o Ricardo. Sócrates vai mais com o Portas.

19:57 Nuno Castelo-Branco: eh pá, porque é que eu surjo a azul?! Ahhhhh, deve ser a bandeira… ehehehehehe

19:57 Belina Moura: Dêem tempo ao tempo! Ainda é cedo…

19:58 Nuno Castelo-Branco: já estou “preto” outra vez, ufa!

19:58 João J Cardoso: Podes trocar comigo Nuno, embora o preto não me fique mal

19:58 paulo abrantes: Uma ajuda, live is better: http://denunciacoimbra2.wordpress.com/2009/09/27/contagem-dos-votos-no-aventar/

19:58 JoãoPaulo: dois minutos para as tvs avançarem

19:58 Belina Moura: DOIS minutos!!!

19:58 Luis Moreira: para confirmarem o Aventareheheh

19:59 João J Cardoso: Pois, temos a da SIC e a da RTP, não é?

19:59 Nuno Castelo-Branco: No fundo, sou um branco/preto. É o que dá, cinco gerações “nos Moçambiki”…

19:59 FMSá: falta 1 minuto e a

19:59 FMSá: EM

19:59 Nuno Castelo-Branco: Bom, já volto, vou ver na tv

19:59 JOSÉ MAGALHÃES: aiiii

19:59 FMSá: Em

19:59 Belina Moura: Ou não… Luís… ou não!

19:59 Enfermeyro: 37seg pra saber alg coisa

19:59 JOSÉ MAGALHÃES: aiiiiiiii

19:59 FMSá: EM

19:59 FMSá: EM

20:00 Belina Moura: Um minuto!!!

20:00 JOSÉ MAGALHÃES: Ps ganha

20:00 paulo abrantes: Os dados estão lançados…diz a RTP..

20:00 FMSá: EM

20:00 JOSÉ MAGALHÃES: com 36.2 40.4

20:00 FMSá: CHEIO

20:00 FMSá: Em

20:00 FMSá: EMCHEIO

20:00 Nuno Castelo-Branco: fodassssssssss…

20:00 Belina Moura: PS perde

20:00 paulo abrantes: BE triplica deputados..

20:00 JoãoPaulo: A RTP é mais simpatica com PC e CDS. Na SIC o B# é claramente a 3ª

20:01 paulo abrantes: Pureza para Lisboa, já1

20:01 João J Cardoso: Na TVI CDS 3º

20:01 FMSá: mEUS

20:01 JoãoPaulo: Atenção Ricardo PS + CDU pode não dar maioria. COm o BE dará de certeza!

20:01 JOSÉ MAGALHÃES: Nem me apetece ver mais nada…. porra

20:01 JoãoPaulo: VIVA o AVENTAR!

20:01 [Comentário de Nuno Castelo-Branco]
Bem, é o que se esperava

20:01 FMSá: ENGRAÇADO,

20:01 João J Cardoso: Acho que vou ver os Simpsons…

20:02 Belina Moura: Tá tudo muito nervoso aqui! Comportem-se, cavalheiros!

20:02 João J Cardoso: Com esta votação PS tem maioria com quem lhe apetecer

20:02 FMSá: FOI

EM

CHEIO

COM

A

NOSSA

PUBLICAÇÃO

20:02 paulo abrantes: o povo que temos…

20:03 Nuno Castelo-Branco: tudo na mesma

20:03 JOSÉ MAGALHÃES: Temos o que merecemos

20:03 JOSÉ MAGALHÃES: O povo escolheu…. e nós é que nos f—–

20:03 Nuno Castelo-Branco: o resultado tvi é ligeiramente diferente. Viram?

20:03 João J Cardoso: Resta sempre a hipótese de demitir este povo e eleger outro

20:03 Belina Moura: Nuno estavas azul… mas já estás preto…

20:04 João J Cardoso: Sim, na TVI Cds é 3º

20:04 paulo abrantes: A guerra das TV´s

20:04 JoãoPaulo: Desculpem – alguém me sabe dizer quando são as eleições para eleger um novo povo?

20:04 JOSÉ MAGALHÃES: VAMOS DEMITIR O POVO

20:05 JOSÉ MAGALHÃES: QUERO UM POVO DIFERENTE

20:05 João J Cardoso: Resta-me a consolação que isto aplicado em Coimbra tira 2 deputados ao bloco central

20:05 Nuno Castelo-Branco: lá no Altis estão muito contentes, mas nem imaginam o que é ter um governo OBRIGADO a negociar

20:05 JOSÉ MAGALHÃES: ESTOU CHEIO DESTE

20:05 Belina Moura: Demitam este povo, demitam já!

20:05 paulo abrantes: BE e CDS empatados?

20:05 João J Cardoso: Ó Nuno, os reis podem demitir os povos?

20:06 JOSÉ MAGALHÃES: com Reis, isto não acontecia… o pove seria melhor

20:06 JOSÉ MAGALHÃES: os políticos seriam, embora, a mesma m..

20:06 Nuno Castelo-Branco: Não, felizmente. mas podem fazer aquilo que os presidentes não fazem: não colaborar com vigarices das maiorias ou das oposições. Vá até Madrid e pergunte, ehehehe

20:07 paulo abrantes: brancos e nulos, quem sabe os resultados?

20:07 João J Cardoso: Meu amigo: a Madrid não vou, Madrid me mata!

20:07 FMSá: Sem espinhas! Boas fontes as do nandinho, eheheheh

20:07 FMSá: e

20:07 FMSá: acertei

20:07 FMSá: quando

20:07 paulo abrantes: porquê as TV´s não mencionam os votos brancos e nulos? Não
s
ão votos?

20:07 Luis Moreira: é bem feito para o Sócrates vai levar com a herança, a verdadeira

20:08 FMSá: dasss,

20:08 FMSá: omeuspacefazenter,dass

20:08 João J Cardoso: Pois, vamos ouvir o Sócrates a queixar-se da pesada herança do governo anterior

20:08 Luis Moreira: agora vai ser de rir quando ele tiver que dizer qual é a verdadeira situação

20:09 [Comentário de isac]
agora sim, já se pode aumentar impostos

20:10 paulo abrantes: os impostos que paguem quem votou no Sócrates…

20:10 FMSá: A MFL demite-se? Devia

20:10 Luis Moreira: vai passar a dizer que o culpado é a Alemnha cuja economia não descola

20:10 FMSá: MFL

20:10 FMSá: que

20:10 paulo abrantes: Pedro Passos Coelho de unhas afiadas… o assalto será em breve…

20:10 FMSá: MFL

20:11 Luis Moreira: mas vai tirar muitos beneficios que andou a apregoar.

20:11 FMSá: MFL

20:11 FMSá: DASSSSSS

20:11 João J Cardoso: Riam-se, mas já há resultados provisórios nas tv’s e no site oficial ainda estão à espera das 20h

20:11 Nuno Castelo-Branco: A esta hora, o parvalhão de Belém já deve estar a abrir o Moet&Chandon

20:11 Luis Moreira: tem que ir à vida

20:12 isac: ninguém se vai demitir. há legislativas novamente para o ano

20:12 Luis Moreira: pode ser que o Sócrates seja tentado, mas há soluções com estes resultados

20:13 paulo abrantes: CDS sobe mais no numero de deputados que o BE, este país é direita…

20:14 Guest: A hora é de mudança no PSD

20:15 FMSá: o guest sou eu, eheheheh

20:15 FMSá: o meu pc tá doido!

20:15 Nuno Castelo-Branco: Afinal que está em terceiro? O BE ou o PP?

20:15 FMSá: é a vingança das empresas de sondagens e das televisões, eheheh

20:16 João J Cardoso: O PCP também: estou a ouvir um sr. a dizer que não sofreu nenhuma derrota, nem lamenta os resultados

20:16 JoãoPaulo: Paulo Abrantes… de acordo. PS + PSD+CDS = 80 Uma esmagadora maioria de direita

20:17 isac: é o medo aos comunistas que comem criancinhas

20:17 Nuno Castelo-Branco: o belmiro deve estar todo contente. E o Coelhone tb. Aí vem a 3ª autoestrada para o porto…

20:17 isac: e a 4ª e 5ª

20:17 Nuno Castelo-Branco: Bem, se o “Sokras” fizer entendimentos sociais à esquerda e de desenvolvimento com a direita…

20:18 Nuno Castelo-Branco: pior é tudo estar interligado.

20:18 Nuno Castelo-Branco: Resultado: solução impossível!

20:19 João J Cardoso: Isto passa a vergonha nacional: no site do Min. Justiça ainda não há resultados, mas aparecem na comunicação social

20:21 paulo abrantes: Hoje é domingo, o M Justiça não trabalha

20:21 José Freitas: E agora? PS governa sozinho e faz acordos pontuais com os restantes partidos.

20:22 paulo abrantes: quem sobe ao pódium, BE ou CDS?

20:22 isac: é curioso. PSI20 a cair mas Mota Engil a ganhar

20:22 José Freitas: Creio que MFL está a viver as últimas semanas como presidente do PSD.

20:22 João J Cardoso: Os intervalos, no que toca ao nº de deputados, ainda são muito grandes, calma que a esperança está moribunda mais ainda não estrebuchou

20:22 Luis Moreira: S’se fossem malucos é que iam para o governo.A situação é muito má

20:23 João J Cardoso: Falo de coligação com o CDS dar maioria de direita

20:23 FMSá: No blasfémias um trengo afirmou que as nossas projecções eram manipulação, isto antes das 20h. Agora está caladinho!

20:23 Luis Moreira: deixem o Sócrates saboriar a herança, deixem -no provar do seu próprio veneno

20:24 paulo abrantes: O Portas é que vai dar cartas…

20:24 José Freitas: Claro, o Portas será fundamental no próximo parlamento.

20:24 Luis Moreira: na verdade há hipótese de haver maioria de direita…

20:25 JoãoPaulo: Sic Deputados: PS – 99-103; PSD – 74-77; BE – 18-20; CDS – 15-17; CDU – 13-15

20:25 Nuno Castelo-Branco: Mas… e à uma semana quando o Louçã aparecia com 15% nas sondagens? Com’é qu’é?

20:25 José Freitas: Luís, não estou a perceber. Primeiro é preciso afastar o Sócrates, agora deve provar o próprio veneno?

20:25 FMSá: Os deputados da Madeira do PSD é que vão ser fundamentais – vai ser o novo queijo limiano, eheheh

20:26 Nuno Castelo-Branco: O PSD/Madeira cada vez terá mais a tendência para se tornar num partido completamente independente. se eu fosse o jardim, fazia isso mesmo

20:26 paulo abrantes: Será que Cavaco falará amanhã?

20:26 JoãoPaulo: Eu sou suspeito: quero ser independente da Madeira. JÁ!

20:26 João J Cardoso: Comparação em tempo real, de resultados: BE triplica, CDS duplica, PCP reduzido a metade

20:27 José Freitas: Marcelo, na RTP, diz que o PR fala já amanhã.

20:27 Luis Moreira: não, é preciso perante estes resultados deixar que ele prove a herança.Juntar-se a ele agora era dar-lhe uma tábua de salvação

20:27 José Freitas: Concordo. É muito provável que isso aconteça.

20:27 Nuno Castelo-Branco: Cavaco? Não me falem do gajeko antes de jantar, pá…..

20:27 ricardo: O delírio de Alberto Martins – Uma grande vitória porque partimos dos 26

20:28 ricardo: %

20:28 José Freitas: Ó luís, a questão não é ser a tábua de salvação do Sócrates. É a salvação do país, homem

20:28 João J Cardoso: Na RTP o BE está com o simbolo da UDP. É o choque tecnológico

20:28 ricardo: manuela ferreira leite consegue pior do que um santana lopes desgastado por ter sido primeiro-ministro

20:28 José Freitas: JJC, pois está. LOL

20:28 Luis Moreira: quantos votos perdeu o PS desde as últimas legislativas?

20:28 Nuno Castelo-Branco: O Alberto martins parece uma figura típica do costismo da 1ª república. em tudo. Usará avental fora da cozinha?

20:29 João J Cardoso: Neste momento o PS perde 8%

20:29 Nuno Castelo-Branco: caiam na real: para queme steve no lixo como o PS esteve, é uma grande vitória deles. Incrível, mas é verdade

20:30 José Freitas: Em relação às últimas, o PS perdeu mt votos. Mas, ainda assim, continua em primeiro.

20:30 João J Cardoso: Já caí na real Nuno, republicanamente falando…

20:30 João J Cardoso: Eeheh

20:30 José Freitas: pois, o PS ganha. mesmo com os profs a votarem noutros partidos.

20:30 paulo abrantes: Por mais que o PS desça nunca perderá estas eleições. Afinal para onde foram os votos dos professores?

20:31 Luis Moreira: mas ser primeiro é nas corridas de F1, aqui o PS deixou de ter poder, depende de todos

20:31 José Freitas: Depende, claro. E ainda bem.

20:31 José Freitas: Mas n deixa de ser o primeiro.

20:31 FMSá: 2217 visitantes, 712 na última hora. É só recordes do Aventar!

20:32 ricardo: hoje chegamos aos 3 mil

20:32 paulo abrantes: o AVENTAR foi o grande vencedor destas eleições

20:32 Luis Moreira: fazer saltar a situação em que está o país, travar as obras megalomanas, dividir as empresas publicas, isto é o desastre para Sócrates

20:32 FMSá: VAI SER HOJE!

20:32 ricardo: PS foi o primeiro, ganhou as eleições, mas não foi uma grande vitória. perdeu a maioria absoluta.

20:32 José Freitas: Isso, Aventar ao poder. devia ser lindo

20:33 ricardo: obrigado, Paulo Abrantes!

20:33 José Freitas: Ricardo, perdeu a absoluta mas mantém a maioria.

20:33 FMSá: Mas falava um de cada vez e com uma hora de espaço, ehehehe.

20:33 ricardo: Ana Jorge reconhece que a vitória não foi assim tão grande como podia ter sido

20:33 José Freitas: Porto, distrito: PS 44, PSD 31

20:34 Luis Moreira: não tem naioria nenhuma, com o que sabemos ninguem lhe vai fazer o favor do quijo

20:34 ricardo: mantém a maioria, mas perdeu a maioria absoluta. não é bem a mesma coisa. é uma vitória, não é uma grande vitória.

20:34 João J Cardoso: Acho que Ana Jorge está a fazer contas à vida: em Coimbra PS e PSD podem perder deputados

20:34 paulo abrantes: Ana Jorge disse que o que faltou, para a maioria, foi os votos de alguns portugueses. Esperta explicação, profunda diria..

20:35 José Freitas: “ninguem lhe vai fazer o favor do quijo”, diz o Luís. Será que não, pergunto eu

20:35 FMSá: Na blogosfera hoje a liderança é nossa.

20:35 JoãoPaulo: Aventar ao Poder? Então eu avanço já para a Mota-engil e sempre se poupa a passagem pelo governo. Tb pode ser para a GALP ou para a Caixa.

20:35 Luis Moreira: neste caso ficou em 1º lugar mas daí a ser uma vitória…

20:35 JoãoPaulo: Grande jornada AVENTista! Hoje!

20:35 FMSá: Eu quero substituir o Augusto SS, eheheheh

20:36 João J Cardoso: OK, mas a RTP é para mim

20:36 isac: é possível nacionalizar a mota engil também?

20:36 Luis Moreira: JP ainda nos chamas Adventistas dos últimos dias,

20:36 FMSá: Alguém me informa quantos deputados o psd-madeira elege?

20:36 João J Cardoso: Não, a Mota engil é que nacionalizou o governo

20:37 José Freitas: PSD Madeira: 3

20:37 isac: JJ Cardoso: bem visto

20:37 paulo abrantes: Queremos o AVENTAR na AR, como blog residente.

20:37 José Freitas: Se as projecções se concretizarem o PS, mesmo sem meioria, vai governar relativamente à vontade

20:38 paulo abrantes: Tenho de ir comer, se não a minha mãe ralha-me…

20:38 José Freitas: vai fazer acordos à direita e à esquerda, conforme as necessidades

20:38 Luis Moreira: ninguem vai ajudar Sócrates.A situação que ele está a esconder é má de mais

20:38 José Freitas: vai lá abrantes, n queremos mães chateadas

20:38 José Freitas: Ó luís, vão aju?dar, vão!. vai uma aposta

20:39 isac: o ps está sozinho. está contra todos e agora serão todos contra o ps

20:39 João J Cardoso: Não se esqueçam de um pormaior: os deputados do PSD são quase todos da tendência que está agora no poder…

20:39 José Freitas: Isac, q questão é que o ps continuará no poder e a poder dar benesses.

20:40 Luis Moreira: vai um jantar .seria a morte do artista e para Sócrates teria que ceder tanto que não acredito

20:40 Luis Moreira: eu creio que o Sócrates não se aguenta

20:40 isac: qualquer partido que se una ao PS está assinar a sua sentença de morte

20:40 FMSá: No PSD isso não significa muito

20:40 José Freitas: combinado luís

20:40 Luis Moreira: é isso, Isac

20:41 José Freitas: um jantar.

20:41 JOSÉ MAGALHÃES: A tv está em intervalo…

20:41 isac: eu também aposto

20:41 JOSÉ MAGALHÃES: tou cansado

20:41 FMSá: Ó JMag, aqui não ficas cansado, ehehehe

20:41 José Freitas: 9 -8 em mandatos, até ver. resultados oficiais

20:42 Luis Moreira: OK. Sócrates é como os eucaliptos…

20:42 isac: parece que não mas é muito fácil o PS provocar o outros partidos a fazerem cair o governo

20:42 JOSÉ MAGALHÃES: eu sei…. tenho estado a carpir

20:42 isac: e depois os outros é que serão os culpados da instabilidade

20:42 José Freitas: Isso passa, José. dentro de 15 dias o Rio ganha e compensa

20:42 JOSÉ MAGALHÃES: mas isto ainda vai dar q falar

20:43 João J Cardoso: E quem vai ganhar o PSD?

20:43 FMSá: Só MFL para perder com o sócrates, uma coisa extraordinária – que agradeça ao António Preto…

20:43 JOSÉ MAGALHÃES: qt tempo vai aguentar o Socras a governer só

20:43 José Freitas: boa pergunta, JJC

20:43 João J Cardoso: Lembrei-me agora por vocês etarem a falar do RR…

20:43 JOSÉ MAGALHÃES: a MFL não se vai aguentar… ou vai?

20:44 José Freitas: MFL deve aguenbtar até às autárquicas

20:44 José Freitas: depois, o mais certo é sair

20:44 JOSÉ MAGALHÃES: O Rio vai ganhar o PSD?

20:44 João J Cardoso: Não só não vai, com o Pacheco vai acabar a biografia do Cunhal num instantinho

20:44 FMSá: Vai ser entre Passos Coelho, Marco António e alguém desta actual ala e que vai perder. Será depois de 11 outubro

20:44 JOSÉ MAGALHÃES: depois de ganhar a câmara?

20:44 Luis Moreira: isso é o que ele sempre tem feito .vitimizar-se. mas ou há um rearranjo das forças políticas ou o Sócrates tem os dias contados para o BE se aproximar do PS. Como, aliás, o aventador LM vem dizendo há muito tempo…

20:45 FMSá: O PSD vai ganhar as autárquicas e depois vai a eleições internas. Se Mendes voltar, ganha.

20:45 JOSÉ MAGALHÃES: Estou cansado destas eleições… podemos repetir?

20:45 João J Cardoso: Por falar em BE: não se esqueçam que o eleitorado jovem e urbano é o último a ser contado…

20:46 João J Cardoso: JM: acho que sim, quero outra dose mas com a TVI como estava em Julho…

20:46 FMSá: exactamente jjc.

20:47 FMSá: O Eleitorado BE está nas grandes freguesias que serão as últimas na contagem

20:47 ricardo: Paulo Rangel candidata-se?

20:47 FMSá: A Rangel falta-lhe mais uns anos de Europa mas pode ser o candidato da actual ala

20:48 Luis Moreira: O PS sem Sócrates tem condições lá mais para a frente…

20:47 FMSá: A Rangel falta-lhe mais uns anos de Europa mas pode ser o candidato da actual ala

20:48 Luis Moreira: O PS sem Sócrates tem condições lá mais para a frente…

20:48 Luis Moreira: Quantos anos terá RR daqui a 4 anos?

20:49 FMSá: boa pergunta…

20:49 Luis Moreira: 60?

20:50 José Freitas: Desculpem, estão a falar de RR…? Rui Rio? Para quê?

20:51 Joã

o J Cardoso: É a sucessão no PSD. Por acso

20:51 João J Cardoso: acaso acho que vai sair Coelho

20:52 Luis Moreira: Quem sucede no PSd? RR,Rangel,PC?

20:53 João J Cardoso: PPC: depois de se perder com, a 3ª idade, investe-se no seu contrário

20:54 José Freitas: Rui Rio na liderança do PSD? Devia ser lindo. Duraria menos que LFM

20:54 FMSá: Rio não entra nesta luta antes de 2013

20:54 José Freitas: O mais certo é a opção por Passos Coelho.

20:55 FMSá: A Hora é de Passos Coelho e Marco António

20:55 isac: “cavaco para a rua”, gritam apoiantes do PS

20:55 Luis Moreira: RR daqui a 4 anos é o mais forte candidato

20:55 JOSÉ MAGALHÃES: OS APOIANTES DO ps SÃO O ESPELHO DO PAÍS QUE TEMOS…. ASSIM O TEMOS ASSIM O MERECEMOS

20:56 ricardo: Meneses deve estar todo contente

20:56 João J Cardoso: Esta é a hora do CDS: até às 21 30 ganham, depois vamos ver

20:56 Luis Moreira: PC e MA nem os queria para tesoureiros…

20:57 JOSÉ MAGALHÃES: Espera-se que o CDS suba até aos 2 digitos, JJC

20:57 FMSá: eheheheheeh, LM, ehehehehe

20:57 João J Cardoso: sim, nisso acredito, mas falo da luta pelo 3º lugar

20:57 Luis Moreira: Com estes resultados tudo muda neste país

20:58 João J Cardoso: à esquerda e à direita

20:58 Luis Moreira: FMS nenhum deles tem estaleca, embora o PC tenha gente poderosa e com dinheiro a apoia-lo

20:59 João J Cardoso: à esquerda: em Beja, tudo contado, BE tem 10%. Isto era impensável à uns anos

20:59 FMSá: Não discuto estalecas, apenas meras hipoteses tendo presente o aparelho laranja …

21:00 paulo abrantes: A CDU diz que cresce e avança…epá…

21:00 FMSá: Agora vou parar uns minutos, até já

21:00 Luis Moreira: Mas não é natural que seja o RR com o CV que tem?

PS vence, sem maioria absoluta, mas com maioria

Apesar de tudo, apesar dos professores, dos erros, do IVA, do Freeport, de tantas outras coisas, Sócrates ganhou as eleições. Sem maioria absoluta mas, ainda assim, a poder cantar vitória. Apesar de tudo.

Afinal, o anúncio da morte política de Sócrates foi claramente prematura.

Vai estar em minoria no Parlamento mas vai para o Governo sozinho. O país vai ser gerido a acordos pontuais. À esquerda ou à direita, conforme for necessário. É a ‘real politik’. Vêm aí tempos agitados e complexos. No Governo, no PS e noutros partidos, sobretudo no PSD.

Isto, claro, sou eu a dizer.

Primeiras impressões da noite eleitoral: Vencedores e vencidos

1 – O PS venceu, teve mais votos, mais Deputados eleitos e vai continuar a ser Governo. Parabéns. Mas não foi uma grande vitória – perdeu milhares de votos, perdeu uns 20 Deputados e perdeu a maioria absouta que lhe permitia governar sozinho. Em delírio, Alberto Martins, que alguns dizem ir ser o próximo Ministro da Educação, ainda falou numa vitória estrondosa, porque o PS partira dos 26% (Europeias). Sem o dizer, Ana Jorge reconheceu que os resultados ficaram aquém do que poderiam ter sido.

2 – O PSD perdeu claramente. Não chegou ao Governo e manteve o resultado de 2005 – um Santana Lopes que saía debilitado como primeiro-ministro. Manuela Ferreira Leite é a grande derrotada da noite. Politicamente, morreu. Quem será o próximo líder?

3 – Grande vitória do Bloco de Esquerda. Tira a maioria absoluta ao PS e sobe muito. Pode influenciar a governação futura do país.

4 – Grande vitória do CDS, que ultrapassa a CDU. Mal anda o país em que um Partido cuja maior bandeira é o fim do Rendimento Mínimo consegue resultado tão expressivo.

5- Derrota da CDU, que acaba como o Partido menos votado. Vamos ver o total de deputados eleitos. Mais uma vez, mal vai o país em que o Partido que mais defende os trabalhadores fica em último.

A minha primeira leitura 20 minutos depois das 20h

PS perdeu a maioria. Apesar de tudo vão procurar “comunicar” ao país que sentem ter tido uma tremenda vitória.
PSD tem uma derrota tremenda. Não entendo o que poderão fazer a seguir.
BE cresce muito – é claramente o responsável pela derrota da maioria do PS (se não foi o PSD só pode ter sido o BE o responsável).
CDS sobe mas não vai ter deputados suficientes para se juntar ao PS para uma maioria parlamentar.
CDU pode subir número de votos, mas vai sair como derrotado.

Legislativas 2009 – Aventar foi o 1º!!!

A 12 de Setembro, quem leu o Aventar soube antecipadamente os resultados através da nossa projecção. Quem acompanhou hoje desde as 18h soube em primeira mão os resultados das legislativas, ou seja, que o PS iria vencer sem maioria.

Tudo o que acontece, acontece aqui em Primeira Mão!

Governo Sócrates cai entre Abril e Setembro de 2010

Com estes resultados, que o Aventar divulgou em primeira mão, o PS sem coligações não chega até ao fim da Legislatura. Cai entre Abril e Setembro de 2010. Senão vejamos: até 27 de Março de 2010, a Assembleia não pode ser dissolvida. A partir de Setembro de 2010, também não, porque entramos nos últimos seis meses de mandato do Presidente da República. E com o caos que se vai viver, ninguém vai querer esperar por Março de 2011. Por isso, tem de cair entre Abril e Setembro de 2010.
Querem apostar?

Resultados oficiais

Ou chegam ao Público via Presidência ou então tem mesmo que ser na CNE.

PS fará aliança com CDS-PP

Como se previa, e de acordo com os dados que o Aventar já divulgou, o PS ganha com 38% a 39% dos votos, não alcançando assim a maioria absoluta. Pessoalmente, continuo a pensar que José Sócrates fará mais depressa uma aliança com Paulo Portas do que com um dos dois Partidos da Esquerda. Afinal, está mais próximo ideologicamente do CDS-PP do que do BE ou do PCP.

Sócrates entrou com cara de «poucos amigos»

Se é certo que Rodrigo Guedes de Carvalho já tem na mão a sondagem à boca de urna, os Partidos também o terão certamente. E José Sócrates entrou com cara de «poucos amigo» para o local onde vai acompanhar a noite eleitoral e falar aos portugueses.
Isso quer dizer o quê? Que já sabe os resultados e que não são aquilo que ele esperava? Parece.
A ver vamos daqui a uns minutos.

Eleições: Uma premonição

revolução
Em tempos, tivemos feudalismo e burguesia como classes dominantes. Dominantes do quê? Do que mais tarde Karl Heinrich e Jenny Marx, com o apoio de Friedrich denominariam a exploração do povo pela capital, definida por eles em todos os seus textos, especialmente no escrito da Baronesa Prussiana Johanna von Westphelen, na base das ideias de Karl Heirich e Friedrich Engels, por nome O Manifesto Comunista, Que a Baronesa, com título renunciado e mulher de Karl Heinrich desde 1844, surpreendera ao seu marido, a quem secretariava, no dia seguinte ao debate sobe o quê seria o texto, pensaram amanhã o escrevemos e Jenny, mãe de quatro garotas, redigiu essas 21 páginas: Um espectro ronda o mundo…..a burguesia treme….as antigas religiões já não são o que eram…..o cristianismo é a salvação de quem nada tem….
Assaltaram-me estas ideias enquanto o povo português ainda anda nas urnas a escolher quem os governe. De manhã cedo, fui a minha mesa de voto, a amabilidade dos vogais foi avassaladora, gentil, companheira. Nem quem soubessem quem era eu. A seguir, fui falando com pessoas. Os outros maiores como eu, comentavam que Portugal não podia continuar assim, a andar pelas ruas da amargura de crise em crise, de acusação em acusação. Como bom investigador etnopsicólogo, nada comentei: a minha frase habitual: vi, ouvi e calei, como faço com as crianças que analiso. Para que nos governa, somos essas crianças: nada entendemos, nada sabemos, nem de escutas nem de alianças feitas pelos representantes do povo, sem o povo e às costas do povo.
Quando vi ao nosso re-fundador nacional, Mário Soares votar com essa querida mulher, tremi. Esse Mário Soares membro da Assembleia Constituinte de 1976 que redigiu a primeira constituição pós fascista que definia: ARTIGO 2.°
(Estado democrático e transição para o socialismo)
A República Portuguesa é um Estado democrático, baseado na soberania popular, no respeito e na garantia dos direitos e liberdades fundamentais e no pluralismo de expressão e organização política democráticas, que tem por objectivo assegurar a transição para o socialismo mediante a criação de condições para o exercício democrático do poder pelas classes trabalhadoras….frase retirada mais tarde, a Constituição de 2001, que é comentada, assinala na página 37 que a frase tinha sido retirada.
De qual tipo de governo falamos? Qual, o socialismo? A burguesia já não é a classe revolucionária que derrubou a aristocracia na Revolução francesa.
Que não desejo que os meus concidadãos possam realizar as tarefas que a História define para a burguesia? É evidente que não. Antes todos burgueses que luta de classes. Como hoje existe. Antes todos burgueses, antes de ter que pensar para onde votamos em prol de justiça social. Antes todos burgueses, para cumprir as definições bauvesianas de 1785, citadas por mim em outro sítios do nosso Aventar. Definições revisitadas por Jenny Marx e companheiros, no Manifesto Comunista. Nunca cumpridas como podemos ver. Que Portugal é mais poderoso? Que Portugal pela mão de Soares entrou na União Europeia e se fez respeitar pelo Vaticano ao negar-se a assistir ao Vaticano por Wojtila dizer: O Senhor Presidente Jorge Sampaio apenas, sem consorte. Presidente que teve o valor de desdenhar o convite, Wojtila mandou desculpas e esse nosso grande Padre da Pátria e Senhora, foram ao Vaticano. Quando o vi votar hoje de manhã, a admiração crescia por ele e a Senhora Dra. Maria José Rita.
Porque recordações, enquanto o povo anda a votar? Porque o salientar a valentia de quem sabe fundar e defender sem temor os princípios que todos apoiamos? Princípios nascidos de uma revolução que ainda não aconteceu. Os princípios foram lançados em 25 de Abril de 1974, como os de Allende em 4 de Novembro de 1970. Porque tenho uma premonição.
Essa premonição diz-me que o povo vota pelos ricos porque riqueza atrai riqueza. Seja verde ou laranja quem triunfe – vermelho está muito ultrapassado e procura votos, como os antigos socialistas revolucionários, com os que tenho colaborado. A burguesia , é a minha premonição, será quem governe o país: a cultura dos Doutores. Vários colegas da academia, ao dizer-lhes termos perdido investigadores, respondem-me: por quê? Eu gosto da cá estar, posso mandar. O socialismo científico definido por Marx como baseado no cálculo económico, nas definições da mais valia apropriada pelos que têm meios – e quem governa ou tem ou os adquire em detrimento do povo trabalhador que não poupa, não pode, apenas aforra cêntimos. O sonho do 25 de Abril fica em mãos de quem saiba gerir a pobre riqueza da República. Não sou homem de fé, mas haja Deus que se lembrem dos princípios do 25 de Abril, de todos eles.

Noite eleitoral em directo no Aventar

O Aventar vai acompanhar, já a seguir, a noite eleitoral com o seu chat do costume (já está aí na barra lateral). É só entrar e começar a opinar sobre os resultados, o futuro, os cenários pós-eleitorais e tudo o que mais quiserem.
Quando as emissões da televisão acabarem, continuaremos por aqui. Estão todos convidados!

A Matemática das questões:

1.PS>PSD+CDS?
2- CDS> BE?

E se eu tiver uma sondagem?

Posso publicar antes das 20h aqui no Aventar?

Verdades inevitáveis

0 actual sistema de Segurança Social vai ter que acabar por assentar em várias utopias que se vão desmoronando.

O actual sistema do Serviço Nacional de Saúde vai soçobrar por assentar em várias utopias não sustentáveis a médio prazo.

O capitalismo de desastre não cria valor e tira partido da destruição das condições de sustentabilidade que ele próprio promove. A prazo vai colocar em xeque o próprio sistema capitalista.

Os elevados níveis de violência e banditismo que assolam o Algarve vão colocar em causa a indústria do Turismo naquela região.

O TGV não pode ser decidido sem uma prévia estratégia de desenvolvimento para Portugal. Dizer que se faz ou não porque é moderno é uma imbecilidade.

A economia e com ela o investimento privado só crescerão se a Justiça for célere e transparente.

A Justiça só será célere e transparente quando o poder e o dinheiro estiverem interessados nisso.

O Estado e a burocracia são um impecilho para os sectores mais dinâmicos da economia, como os tecnológicos.

Os produtos portugueses são largamente penalizados nos mercados estrangeiros por não termos conseguido criar uma marca forte lá fora.

A empresa estava bem de mais para ser amparada pelo IAPMEI e demasiado má para ser financiada pela banca. É uma PME concerteza.

O nível de fiscalidade é penalizadora da iniciativa empresarial e do esforço individual.

Os níveis de fiscalidade actuais estão muito próximos do nível de fiscalidade potencial ( limite)

Tudo isto porque o crescimento esperado da economia portuguesa nos próximos anos é anémico, um dos mais baixos do mundo.

Reflicta ! isto tem responsáveis e vai-lhe cair em cima!

Eu quero lá saber a que horas Cavaco votou

Durante 15 dias, não se fala de outra coisa: as eleições. E de repente, acordamos no Sábado de manhã, ligamos a rádio e o que temos? Notícias sem qualquer interesse e os jornalistas a fingir que nada aconteceu nas duas semanas anteriores. Os grandes comícios de véspera não existiram, O PS e o PSD não encheram Lisboa, a CDU não encheu Braga. Nada, nada aconteceu.
E no dia das eleições, temos de suportar, durante todo o dia, as notícias sobre as horas a que os líderes foram votar. Hoje, primeiro foi Cavaco e depois Portas. Mas eu quero lá saber a que horas Cavaco foi votar! Foi votar cedo? É porque não tinha nada de interessante para fazer na cama. Por favor, poupem-me…
Se quisessem ser mesmo coerentes, à meia-noite em ponto do útimo dia da campanha obrigavam todos os Partidos a retirar os milhares de cartazes que andaram a espalhar nos últimos meses. Aí sim, é que podíamos reflectir à vontade sem ter de levar com aquelas carantonhas por todo o lado.

Noite eleitoral em directo no Aventar

O Aventar vai acompanhar a noite eleitoral com o seu chat do costume (já está aí na barra lateral). É só entrar e começar a opinar sobre os resultados, o futuro, os cenários pós-eleitorais e tudo o que mais quiserem.
Quando as emissões da televisão acabarem, continuaremos por aqui. Estão todos convidados!

Primeira sondagem à boca da urna… do Aventar

Tal como os meus colegas aventadores, também quero deixar aqui a minha sondagem à boca da urna do Aventar para os resultados de logo à noite:
PS – 31%
PSD – 26%
BE – 14%
CDU – 13%
CDS-PP – 9%
Outros – 4%
Sabem por quê? Porque eu confio nos leitores do Aventar – e foram estes os resultados da sondagem que fizemos.

Sócrates merece a herança…

A situação do país, que mal conhecemos, é muito má, bem pior do que o governo bem gostaria, vamos voltar à crise e aos seus efeitos quando tiver que aumentar impostos, cortar subsídios e benefícios.

Nesse ponto de vista é bem feito que seja Sócrates a receber a herança que ele próprio criou. Por muitos anos este país vai viver mal, bem pior do que até aqui, não foram criadas as condições para que o tecido empresarial respondesse agora com eficácia e rapidamente às necessidades de criação de postos de trabalho, substituição de importações e aumento de exportações.

Não podemos esquecer as responsabilidades do PS, que está há 11 anos no governo nos últimos 14, que vai voltar a alijar responsabilidades, como fez agora com a crise, com as dificuldades dos outros, sem cuidar de saber que os outros estão com dificuldades mas estão em níveis de bem estar mais elevados do que nós.

Preparem-se vem aí o discurso de que os outros tambem estão em dificuldades, tambem tiveram que cortar benefícios, não somos só nós.

É uma trampolinice que dá resultados mas que morrerá nos bolsos vazios dos portugueses!

Cavaco: Um anjo na terra

Cavaco é um verdadeiro anjo na terra. Hoje, na comunicação ao país, garantiu que respeitou o compromisso de isenção ao longo da campanha. «Escrupulosamente», não se esqueceu de dizer.
Lançar para a opinião pública, via assessores, a ideia de que estava a ser escutado pelo Governo deve ser aquilo que Cavaco entende como escrupulosa isenção. Da mesma forma que demitir o assessor em plena campanha, no dia em que a candidata a primeira-ministra dá o exempo das escutas como asfixia democrática, é também a mais pura das imparcialidades.
Cavaco Silva é o verdadeiro anjo na terra. Melhor mesmo, só o seu antecessor Jorge Sampaio, que simplesmente dissolveu a Assembleia da República e entregou a maioria absoluta a Sócrates no momento em que mais jeito lhe dava. Mas convenhamos que Jorge Sampaio, ao contrário de Cavaco, de anjinho não tem nada.

TotoEleições lll

Com facciosismo :

PS : 32%

PSD : 29%

BE : 14%

CDU : 10%

PP : 8%

Pode acontecer o BE fazer maioria com o PS ou com o PSD, como o BE não vai para o governo, a chave fica na AR , maioria absoluta parlamentar de dois partidos. Pode ser que não seja tão mau assim, se houver sentido de Estado, é a democracia a funcionar, à procura de consensos, de soluções para os grandes problemas nacionais.

Sete modestas propostas para correcção da lei eleitoral

Este período de campanha eleitoral (doravante designado apenas por o período) não correu mal, porque podia ter corrido pior. É altura de fazer um balanço sério, encontrar os dislates, e adequar a legislação à realidade. Desta forma as coisas podem correr melhor, mesmo que corram a passo, e ficamos todos a ganhar, mesmo perdendo. Segue-se o meu modesto contributo, de um leigo em leis mas cidadão empenhado.

1. É inadmissível que durante o período surjam casos. Tipos que decidem chibar antigos camaradas, como aconteceu tanto no PSD como no PS, ou sair do partido, caso do PCP. Estas atitudes desviam a atenção dos eleitores dos planos de campanha traçados pelas agências, obrigando ao pagamento de horas extraordinárias ao pessoal que tem de lançar campanhas de desagravo, enviar cartas de protesto aos órgãos de comunicação social e encher as caixas de comentários dos jornais online.

Assim proponho que seja interditada a divulgação de todo o tipo de denúncias durante o período. Queixinhas só antes e depois, embora neste caso se possa sempre suspender o depois por 6 meses.

2. O Presidente da República deve estar inibido do poder de demitir assessores durante o período. E de dizer que só fala depois de contados os votos. O ideal seria mesmo inibir a Presidência durante o período, mas como é sabido os ideais são o que são pelo simples facto de o serem.

3. A necessidade de calar vozes incómodas na comunicação social antes do período leva alguns eleitores à suspeição, o que é feio. Resolvia-se o problema proibindo toda a comunicação social, mas aí não havia campanha. Assim, como a culpa nem é do órgão mas de quem o aproveita para fins impróprios, e dado que ainda temos alguns compromissos internacionais, todos os jornalistas que aborreceram o governo durante o mandato deverão gozar obrigatoriamente das suas férias durante o período. Em casos mais complexos o governo deve subsidiar uma viagem aos Pólos, Sara, Amazónia, Patagónia e outras zonas a distância confortável, de preferência sem acesso à net.

4. Para garantir a igualdade plena entre os candidatos não é admissível que uns, lá porque gostam, façam comícios, e outros, que não gostam, sejam obrigados a fazê-los. De resto o comício hoje em dia só serve para 2 minutos de televisão (2 minutos se for com o primeiro-ministro, 1 minuto para a oposição principal e 30 segundos para as oposições secundárias). Perante esta realidade afastei a ideia, fácil, de proibir os comícios, mas proponho a sua substituição obrigatória por comícios virtuais no Second Life. Tem a vantagem acrescida de se poupar nos combustíveis baixando as emissões de gases poluentes. E passa na televisão com muito mais pinta.

5. Já as arruadas (um neologismo, acabo de descobrir,  apenas encontro num dicionário arruadeira, “mulher que anda muito pelas ruas; mulher andeja” ou pior ainda “rameira, ambulatriz” sendo que ambulatriz era uma puta romana e uma palavra que a partir de agora enriquece o meu vocabulário em cerca de 634 euros) são mais complicadas. Por definição uma arruada tem bombos e povo, e meter o povo no Second Life não consta do choque tecnológico, que eu saiba, além de que o bombo como registo de um sintetizador não é a mesma coisa porque se pode baixar o volume perdendo-se o efeito de ensurdecimento pretendido. Continuem pois as arruadas, a campanha nas ruas, o banho de multidão, ou a banhada, conforme os casos. Evitemos é casos como este (um espontâneo interpelador que depois aparece noutras fotos menos espontâneas) criando o cartão de espontâneo, certificador de que o cidadão não foi enviado pela concorrência. Pode ser incluído no cartão de cidadão propriamente dito, tornando-se obrigatório passar o dito por um terminal móvel antes de se insultar, interpelar ou mesmo olhar o candidato nos olhos com cara de “se te apanhasse a jeito e não estivessem aqui estes gajos todos partia-te era os cornos meu cabrão”.

6. A moderação da linguagem na campanha é um imperativo nacional. É certo que uma vez eleito o deputado pode convidar um opositor a resolver o assunto “lá fora”, mas isso é no parlamento. Em campanha proponho um dicionário de expressões civilizadas. Filho da puta passa a filho de ambulatriz, etc. etc.

7. A minha última proposta não é bem uma proposta minha. Primeiro porque desconfio que é plágio. Depois porque pelo seu radicalismo pode ser mal interpretada. Fica apenas o seu registo para o caso de se verificar que as medidas anteriores não resolvem os problemas.

Trata-se de alterar a duração dos períodos, ficando o de campanha reduzido a 24h e o de reflexão acrescido de mais uma semana ou mesmo duas. As vantagens em custos, paz tranquilidade e sossego, são evidentes. Em termos de cidadania não se perdia nada desde que durante o dia de período fossem distribuídos os programas partidários por todos os eleitores. É certo que isto podia criar desigualdades, dada a tendência nacional para a pouca leitura, beneficiando assim os que programam menos. Nada que não se resolva: os resumos do Pedro Correia no Delito de Opinião são excelentes, e a malta já está habituada a ler os Maias em versão compacta e reduzida, atitude óbvia depois de se tomar o peso ao volume original. Para evitar chatices, durante o período de reflexão os comentadores do costume andariam pelas televisões e afins e em reflexão pública, reflectindo entre si sobre as vantagens do PS perante o PSD e vice-versa, compensando-os assim de não terem campanha para comentar.

Espero que estas propostas agradem aos vencedores de amanhã (pelo menos 4) e ao derrotado (é provável que só 1). Esta legislatura até dá para mexer na Constituição, só não as aceitam se não quiserem. Terei é de cobrar qualquer coisinha, que isto de ter os lóbis das camionetas, das agências de comunicação, dos jornalistas e por aí fora a moerem-me o juízo vai-me custar uma pipa de massa em segurança privada.

TotoEleições II

Vamos lá então ao palpite directamente de Gaia:
PS- 35
PSD – 29
BE -12
CDU – 9
PP – 8

O melhor ainda é não reflectir

Estava a reflectir aí há uns trinta segundos e fui assaltado por pesadelos que me obrigaram a abrir a janela e depois sair para a rua, apanhar ar e sol que ainda são das poucas coisas que nos restam e que não pagam imposto.

Vi uma grande cabeça cheia de tentáculos, que cresciam sem parar, asfixiando as pobres criaturas que fugiam desorientadas e aos gritos e algumas já não resistiam oferecendo-se ao sacrificio final. Eu bem fugia mas as pernas não ganhavam terreno, entrei numa floresta sem luz com as enormes raízes das árvores tudo subjugando. Grossas pingas de suor escorriam-me cara abaixo enquanto ouvia uma grossa voz entre gargalhadas infernais. “Quem se mete com o PS leva!” Afastei o pesadelo enquanto mudava de posição.

Caí numa vaga dormência aqui e ali assaltada por imagens de carros de alta cilindrada a acelerar para a fronteira, um dos que passou por mim assumou à janela e vi num relance alguem conhecido que devia estar no lugar para que fora eleito mas que fugia deixando para trás as almas que prometera salvar. Todas de tanga! Estuguei o passo tentando não entrar em pânico e vi um enorme edificio com plasmas a acender e a apagar, pareceu-me um bom lugar para não ser esmagado pela turba em delírio.

Lá dentro reinava o silêncio e as figuras eram sombras que só se adivinhavam, algumas de avental e régua e esquadro, outras vergastavam-se com grossas correntes e todos se tratavam por “irmãos”, fui sendo encaminhado sem que alguem me falasse ou tocasse e quando dei por mim estava na rua sem a pouca roupa com que entrara.

Tornei a mudar de posição, o meu coração batia descompassadamente, ouvia a ladaínha de fim de tarde nas aldeias miseráveis, o povo a voltar depois de uma jorna de sol a sol, rodeado de GNR, padres e gente feia vestida de preto, botas e de chapéu. Em vez de campos de trigo e de centeio ouvia um comboio que não se via, e pontes num emaranhado de betão.

Estou na rua leio as páginas dos jornais no quiosque da esquina o Porto joga logo com o Sporting está tudo normal, respiro fundo, acalmo, ao longe um irmão burro faz-se ouvir…

Totoeleições

Os meus palpites sobre os resultados das eleições europeias, feitos entre amigos, acertaram na maior parte dos resultados.

Não vou perder a oportunidade de deixar aqui o que espero do dia de amanhã e largar assim as peneiras de adivinho encartado.

Palpites são palpites e não passam de palpites. Mas durante 24 horas sempre podemos esperar que a realidade se molde à plástica dos nossos desejos.

  • PS ou PSD – 29
  • PSD ou PS – 27
  • BE – 14
  • PCP – 11
  • CDS – 9
  • Brancos, nulos e outros partidos – 10

Faço a batota de não propor um vencedor, mas uma espécie de empate técnico: uma pequena diferença de votos entre os dois primeiros nem sequer assegura maior número de deputados. Hesitei em colocar os Brancos e Nulos, mas acredito que tal como sucedeu em Junho vão ser significativos, talvez mais do que aqui opino.

Este cenário é aquele que vejo, ouço e leio: um país farto do bloco central das negociatas, tachos e interesses, uma geração de novos votantes onde o BE tem um peso desproporcionado, 700 000 desempregados, 500 000 precários e suas famílias, a crise das crises, portanto.

Como o voto é secreto, amanhã logo se vê.

Desafio os nossos leitores e os meus colegas aventadores a deixarem os seus. prognósticos antes do fim do jogo. Não há é prémios para os apostadores,  para evitar chatices com a Santa Casa.