Eu quero lá saber a que horas Cavaco votou

Durante 15 dias, não se fala de outra coisa: as eleições. E de repente, acordamos no Sábado de manhã, ligamos a rádio e o que temos? Notícias sem qualquer interesse e os jornalistas a fingir que nada aconteceu nas duas semanas anteriores. Os grandes comícios de véspera não existiram, O PS e o PSD não encheram Lisboa, a CDU não encheu Braga. Nada, nada aconteceu.
E no dia das eleições, temos de suportar, durante todo o dia, as notícias sobre as horas a que os líderes foram votar. Hoje, primeiro foi Cavaco e depois Portas. Mas eu quero lá saber a que horas Cavaco foi votar! Foi votar cedo? É porque não tinha nada de interessante para fazer na cama. Por favor, poupem-me…
Se quisessem ser mesmo coerentes, à meia-noite em ponto do útimo dia da campanha obrigavam todos os Partidos a retirar os milhares de cartazes que andaram a espalhar nos últimos meses. Aí sim, é que podíamos reflectir à vontade sem ter de levar com aquelas carantonhas por todo o lado.

Comments

  1. Belina Moura says:

    Essa do “poupem-me” tem direitos de autor, Ricardo! Copião!!! 🙂