Verdades inevitáveis

0 actual sistema de Segurança Social vai ter que acabar por assentar em várias utopias que se vão desmoronando.

O actual sistema do Serviço Nacional de Saúde vai soçobrar por assentar em várias utopias não sustentáveis a médio prazo.

O capitalismo de desastre não cria valor e tira partido da destruição das condições de sustentabilidade que ele próprio promove. A prazo vai colocar em xeque o próprio sistema capitalista.

Os elevados níveis de violência e banditismo que assolam o Algarve vão colocar em causa a indústria do Turismo naquela região.

O TGV não pode ser decidido sem uma prévia estratégia de desenvolvimento para Portugal. Dizer que se faz ou não porque é moderno é uma imbecilidade.

A economia e com ela o investimento privado só crescerão se a Justiça for célere e transparente.

A Justiça só será célere e transparente quando o poder e o dinheiro estiverem interessados nisso.

O Estado e a burocracia são um impecilho para os sectores mais dinâmicos da economia, como os tecnológicos.

Os produtos portugueses são largamente penalizados nos mercados estrangeiros por não termos conseguido criar uma marca forte lá fora.

A empresa estava bem de mais para ser amparada pelo IAPMEI e demasiado má para ser financiada pela banca. É uma PME concerteza.

O nível de fiscalidade é penalizadora da iniciativa empresarial e do esforço individual.

Os níveis de fiscalidade actuais estão muito próximos do nível de fiscalidade potencial ( limite)

Tudo isto porque o crescimento esperado da economia portuguesa nos próximos anos é anémico, um dos mais baixos do mundo.

Reflicta ! isto tem responsáveis e vai-lhe cair em cima!

Comments

  1. Belina Moura says:

    E quando chegarmos à reforma, não vai haver dinheiro para tantos idosos. Até porque cada vez há mais pessoas a viver até uma idade mais avançada.