Mega-agrupamentos: como desagregar escolas

contabilidadeA questão do tamanho das escolas é um factor fundamental para a qualidade do ensino. Nuno Crato, depois de, em 2010, ter criticado os mega-agrupamentos impostos por José Sócrates, prossegue a mesma política, orgulhando-se do que poupa, fingindo que não há perdas irreparáveis naquilo que é fundamental e mentindo repetidamente, quando afirma que tudo é feito com a aquiescência de autarquias e encarregados de educação. [Read more…]

Nuno Crato convoca protestos

bragaNuno Crato, para não destoar do que o governo anda a fazer ao país, continua a lançar o caos sobre as escolas e sobre a vida dos jovens portugueses, diante da indiferença generalizada de pessoas e entidades.

Só quem for completamente ignorante ou mal-intencionado é que pode defender que a criação de mega-agrupamentos é benéfica para o funcionamento das escolas. Trata-se de um processo que, só por si, provoca perda de proximidade e de autonomia e que terá reflexos na vida dos alunos.

Recomendo, a propósito, a leitura de vários textos do Paulo Prudêncio: 3 DDAS PESCAS e DA ROTINA Para que os leitores saibam que não estamos na presença de nenhum nuno crato, é importante lembrar que o Paulo foi presidente do Conselho Executivo da Escola EBI de Santo Onofre, escola então considerada modelar, e possui um mestrado em Gestão Escolar pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. [Read more…]

Educação: Portugal não sabe pensar

Seja por desleixo, incompetência ou desonestidade, em Portugal não se perde tempo a pensar. No campo da Educação, apesar de muitos avisos e conselhos, os alegados responsáveis políticos pela coisa educativa dedicam-se, há anos, a decretar ao sabor de muita coisa e ao arrepio da Educação. Pensar? Nem pensar. Planear? Obriga a pensar.

Actualmente, os neoliberais estatais – uma contradição nos termos, eu sei – vivem deslumbrados com a liberdade de escolha na Educação, sempre com o simplismo que caracteriza os simples. Dizem eles que isto será como no mundo empresarial: a concorrência resulta sempre em benefício do consumidor. Ou seja, as escolas concorrem umas com as outras e os alunos sairão beneficiados. E por aqui se ficam, sem pensar, por uma questão de coerência.

[Read more…]

A mulher na gestão escolar


Fui convidada a escrever no Aventar por ocasião do chamado “dia da mulher”! Decidi falar sobre o “produto” da minha interessante actividade profissional!
Dedico-me à direcção da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, instituição de ensino superior público que integra o Instituto Politécnico de Santarém desde 1997. Até meados dos anos 90, a formação em desporto centrava-se na educação física escolar, sendo que em algumas escolas era incluída eventualmente uma especialização em determinada área.
Foi então aventada a criação de uma escola com formação especializada nas áreas do desporto mais emergente. A Escola Superior de Desporto de Rio Maior abriu portas em Setembro de 1998 e tem tido um crescimento exponencial desde então, quer em n.º de alunos quer de professores. [Read more…]