Elizabeth Taylor (1932-2011)

Uma das actrizes que mais admiro na sétima arte. E que melhor combinou a beleza com a arte de representar.

Elizabeth Taylor, “uma rapariga do meu tempo” como o meu pai sempre se refere quando se fala dela, será para muitos a “Cleopatra” ou a “Virginia Wolf”.

Para mim, será sempre a “Gata em telhado de zinco quente”.

Ao cair do pano, um registo obrigatório no dia do seu falecimento.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.