Elizabeth Taylor (1932-2011)

Uma das actrizes que mais admiro na sétima arte. E que melhor combinou a beleza com a arte de representar.

Elizabeth Taylor, “uma rapariga do meu tempo” como o meu pai sempre se refere quando se fala dela, será para muitos a “Cleopatra” ou a “Virginia Wolf”.

Para mim, será sempre a “Gata em telhado de zinco quente”.

Ao cair do pano, um registo obrigatório no dia do seu falecimento.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.