Ronaldo, o Não-Salvador da Pátria

A partir de hoje, já toda a gente percebeu uma coisa acerca da Selecção e de Cristiano Ronaldo: se sobre ele se colocar demasiada pressão, ele falha grotescamente. Se, pelo contrário, lhe for retirada toda a pressão, ele falha grosseiramente. Ronaldo não está ali para resolver tudo. Ronaldo não está ali para não resolver nada. Está ali para parecer igual aos outros, sendo o mais importante e precioso deles, se lhe for exigido o máximo também. Façam favor de tirar o santinho Ronaldo do seu nicho para que ele dê o que pode, e se cumpra conforme o que é, imaculadamente eficaz, como sucede no Real Madrid. Seria pedir muito que ajudasse Coentrão a fechar o corredor, nem que fosse só um niquinho, como Nani fez com João Pereira todo o santo jogo?!

Comments

  1. Nuno Pires says:

    o CR7 falhou tanto como o resto da equipa, mas só porque tem mau feitio não precisam de bater tanto..seus portugueses…

  2. palavrossavrvs says:

    Não estou a bater-lhe. Estou a ajudá-lo.

  3. Konigvs says:

    Já tinha escrito no “Jogo Jogado” antes do Europeu começar que Ronaldo cria mais problemas à seleção que soluções e é a verdade.
    Existe a seleção, e depois a luta de Ronaldo consigo mesmo. É embaraçoso ver a equipa de todos nós jogar sempre com menos um, com o tal “melhor do mundo” que falha TRÊS oportunidades na cara do golo, uma contra a Turquia e hoje mais duas.
    Neste jogo “melhor do mundo” 0 – “um atacante banal dinamarquês 2.
    Acho que o Ketchup já passou o prazo de validade na seleção há muitos anos. Este Ronaldo já não é o menino que chorou na final de 2004, esse puto maravilha morreu e não volta mais.
    Mas eu admito, estou a criticá-lo porque ele ele é lindo de morrer e é muito rico.
    Mas se tivesse uma mala cheia de dinheiro apostava em como ele não marca um golo neste Europeu.


  4. Já não é a 1ª vez que ronaldo se está nas tintas para a selecção sobretudo desde que foi para o real madrid – agora que foi endeusado pior ainda – não sei porquê mas está visto que é parvalhão e ingrato e que se puder nunca favorecerá portugal e sabe-se porquê pois nestas coisas de futebol o dinheiro manda tudo – já deixei de gostar de ronaldo que jé nem sequer é português nem sabe a letra do hino ou finge bem – mas também não gosto do parvalhão que está ali a falar presidente da CM de Sintra – parece menino de 12 anos e é presidente – é mesmo ridículo – mas este senhor acaba de dizer o que eu disse que ronaldo não quiz cantar o hino nem olhou para o relvado e que estava com birra – não para com Paulo Bento mas birra de personalidade e que é muito mimado – Ronaldo não é o que pareceria ser – e devia – mas Paulo Bento já percebeu com quem “lida” e ronaldo deixou Coentrão jogar sozinho – quando não se tem categoria humana mais tarde ou mais cêdo vê-se – só sente a camisola do Real Madrid o resto já não lhe interessa

  5. João Cabiça says:

    Exactamente. Portugal precisa do Ronaldo tanto como o Ronaldo precisa de Portugal. Ficou provado que não é ele que vai resolver nada, é a equipa, com ele. Ele é importante como todos os outros. É também culpa “nossa” este excesso de “confiança” dele porque o colocámos como o suposto salvador da pátria e, erradamente, esquece-mo-nos dos outros jogadores que sem eles nada acontece.

  6. Luís says:

    Não sou uma sumidade na análise futebolística como o Marcelo Rebelo de Sousa ou o Miguel Sousa Tavares ou mesmo o Seabra.
    No entanto tenho cá as minhas ideias!
    E na minha opinião o Ronaldo está formatado para receber passes em profundidade, usar a sua velocidade e poder de drible e terminar a jogada com o seu potente e colocado remate.
    Faz mais coisas bonitas mas esta é a sua principal característica que levam alguns a julgarem-no igual ou melhor que o Messi.
    Para jogar desta forma soberba, no Real Madrid tem uma equipa com jogadores de elevado nível técnico que lhe colocam as bolas a régua e esquadro.
    Na selecção os diferentes treinadores pretendem usar a mesma estratégia, só que não têm jogadores com classe para fazer este trabalho.
    Não lhe peçam para defender porque ele não está para isso e não o sabe fazer.
    A solução, no meu entender, era jogar com o Ronaldo como 9 e dar desta forma maior equilíbrio defensivo à equipa.
    E tirem-lhe a braçadeira de capitão pois o homem não nasceu para líder!

  7. Tito says:

    Para mim o Ronaldo e selecção podem todos ir apanhar no cú pois não me ajudam em nada na vida difícil que tenho

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.