Má língua

A atriz de 83 anos, Eunice Munõz, afirma ter sido «maldade ou inconsciência» o rumor que se espalhou ontem.

Quer trabalhar: voltará ao palco com a peça As Árvores Morrem de Pé de Alejandro Casona. E foi a trabalhar em O Comboio da Madrugada (T. Williams) que sofreu o acidente. Ainda a recuperar e recebe uma notícia como esta: um boato pelo Facebook sobre a sua morte…

Por quê? Por que se faz uma coisas destas? Não merece ela respeito de todos os portugueses? (Ela ou qualquer outra pessoa?) Ou só nos inclinamos perante o «Super-Ronaldo? Hoje , CR foi capa dos jornais. O DN dedicou um Especial de 15 páginas praticamente só ao jogador. E ainda não ganhamos nada. (Foguetes antes da festa). Mas Eunice estava na última página…

Nem de propósito… «as árvores morrem de pé». Assim será com ela, quando a morte (a verdadeira) chegar.

Grande e sábia como é, Eunice, depressa esquecerá este triste episódio.

Devia ter vergonha e ser responsabilizada a criatura que criou o boato.

Eu tenho um livrinho que se chama De Pé, Como as Árvores. E entre as suas folhas, pode ler-se esta frase:

A língua fala da abundância do coração.

E eu acrescento: a má língua fala da pobreza de espírito.

Comments

  1. antonio oliveira says:

    fátima, futebol e fado…


  2. As redes sociais são meio propício para os rumores e para as inconsciências e os disparates.

    Lamento muito que desta vez o alvo tenha sido a Eunice Muñoz, esta tão grandiosa senhora da representação.

    Quão melhor estariam preenchidas as linhas dos jornais e os minutos das televisões com a obra desta excelente actriz!


  3. Ainda bem que o CR teve tanto protagonismo, senão a notícia ainda de espalhava mais Y não faltaria gente a ir dos festejos ao “CR” no Marquês de Pombal para o Velório da Eunice na Basílica da Estrela. É verdade! Um Homem quando é grande Y deixa obra não precisa de bengalas para espampanar os seus méritos, muito menos de ver amesquinhados gente valorosa para se ver enaltecido. Não precisa Y deve sentir horror a tal fenómeno; um fenómeno típico entre os medianos inconformados com a sua mediania que da falta de engenho Y/ou quiça sorte se agarram a remos d’oiro Y os forçam a ser mais dourados ao alhar alheio do que aquilo que o são y nem precisam, por que têm o seu brilho próprio y o que é a mais é artifício.

    PS.: A Eunice sabe bem o sabor que a pobreza tem, sabe bem o valor que o CR tem. Amesquinhando-o sabe bem – porque é sábia – que é a ela que também amesquinham.

  4. maria celeste ramos says:

    As redes sociais são fantásticas – mas também são usadas por parvalhões que não sabem fazer melhor do que fazem e é pena -Há os que puxam para “cima” e os parvalhões que puxam para “baixo” mostrando o seu “nivel” – Ou seja, nem o CR7 merece ser “aviltado” nem Eunice Munoz – Ambos têm o valor que têm na sua “idade” e condição socio-cultural e económica e não vale a pena comparar o incomparável – Mas vale a pena RESPEITAR ambos – ambos merecem o respeito de todos nós – as redes sociais mal usadas são perniciosas e ainda pior do que as telenovelas brasileiras que deram cabo de muita coisa – Portugal anda a descer o seu nível cultural e social – que pena – o ENSINO já não ensina NADA nem a aprender a ler nem comportamento – quem há-de então “ensinar” ?? os pais ?’ a escola ?? – descer na escada só – e subir ???

  5. Eu mesma says:

    Os meus parabéns pelo seu post. Falou tudo. Eunice é uma SENHORA e não merece este tipo de brincadeiras idiotas.


  6. Obrigada!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.