Ao Abocanhador Astucioso Duarte

Meu Deus, Duarte, tu eras um animal de sacristia. Bem sei que te torceu as sinapses a leucemia, mas mesmo essa prova passaste e era gratidão e exemplo o que se te pedia. Tu, que eras organista nos coros altos e grandes naves e cuja verve era veloz e articulada como a máquina de fazer salsichas, fizeste o quê da pureza e da graça, abocanhador de heranças a viúvas, amantes e artistas?! Meu Deus, Duarte, em que bicho de irreconhecível avidez te converteste!? Preciso de uns óculos para a filhinha e umas hastes. Ela também ouve mal, troca os olhinhos de anjo, não lhe basto nem a mulher porque ganhamos só a paga do caminho e do gasto diário para a servidão-trabalho inútil e execrando. Faz-te um favor que nos dês, a dádiva-dom de um donativo. Alguns trocos hás-de ter para nós entre tanto papel de arder de que te fizeste cativo. Para cada Duarte que se faz à vida há milhares como eu que a têm sempre fodida.

Comments

  1. Eurocéptico says:

    Pois é. Mas a cor, o cheiro e tacto do magano do dinheiro tem muita força. Com ele é que se comprfam muitos melões…


  2. O Lima vai apodrecer na prisão!

  3. Eurocéptico says:

    Vai, vai. Ele até está em casa, no tal palácio que ele comprou em tempos, sabe-se lá como. Ainda não chegámos à América. Se fosse lá, ele estaria engavetado e teria lá muitos outros companheiros, dele, que andam a goazar connosco. Essa é que é essa. Vejam lá o que acontceu ao Madoff. 150 anos de piltra. Mais nada. Por cá é mais fácil prenderem um desgraçado que rouba um pão…


  4. O Lima é o “bode respiratório” de uma classe inteira de corruptos. Cometeu o crime da ganância, sendo filho de uma peixeira. Atiraram-no às feras. Os ricos de família (Espírito Santo, Soares dos Santos), não são gananciosos. Chamam-lhe empresários.

  5. maria celeste ramos says:

    Duarte – a face visível de muitos outros – senão não se estaria “assim”

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.