weblog.com.pt, enterramento e ressurreição em forma de arquivo

Cópia dos blogs weblog.com.pt em
http://weblog.aventar.eu/

O serviço weblog.com.pt fechou no passado dia 22 de Junho de 2012. O aviso aos donos dos blogs alojados nesta plataforma foi feito via mail com poucos dias de antecedência. Esta acção teve várias consequências que não tardaram a fazer-se sentir:

Muitas pessoas, quer por não terem actualizado os seus endereços electrónicos nas respectivas contas, quer por não terem tido tempo suficiente para resgatar os seus conteúdos, viram-se privadas dos seus próprios blogs. Além disto, os arquivos, que em alguns casos remontam a 2001, ficaram inacessíveis. Um dos predicados da própria Web foi posto em causa, perderam-se as ligações, perdeu-se o conhecimento acumulado, em incontáveis horas de trabalho de muitos bloguers dedicados.

Quando soubemos que ia acontecer, tentámos fazer uma cópia dos blogs alojados na plataforma. Recorremos às listas disponíveis na própria weblog.com.pt e tentámos fazer cópias integrais dos blogs alojados. Este trabalho foi iniciado dois dias antes da plataforma cessar o seu serviço, sem grande esperança, sequer, de conseguirmos obter todos os blogs das listas.


Conseguimos copiar todos os endereços que dispúnhamos na altura. Haverá blogs que não foram copiados, por não constarem nas referidas listas e por não termos tido tempo para buscas mais aprofundadas.

Para obter o máximo número de blogs, não houve download de comentários individuais, não descarregámos a pasta /g da maior parte dos blogs. Optámos por fazer isto porque havia muitos blogs absolutamente carregados de SPAM(1). Naturalmente, não podemos garantir que os blogs obtidos estejam completos ou que a sua formatação corresponda à original.

Há várias lições a tirar deste caso:

  • Não podemos confiar em terceiros para guardarem os nossos dados. Querem usar uma plataforma pública para alojamento de blogs? – Ou alojamento de quaisquer outros dados – façam favor! Mas não se esqueçam, façam backups de todos os dados, regularmente(2);
  • Aprendemos como não se deve fechar um serviço deste tipo, o simples aviso via mail do fecho eminente do serviço, não é suficiente. Não é suficiente de longe.(3);
  • Finalmente, poderiam ter criado ficheiros com os blogs exportados para várias plataformas e disponibilizar esses ficheiros aos donos dos blogs. Nada disto foi feito. Pior do que isso, todo o domínio weblog.com.pt e respectivos sub-domínios, está a redireccionar para uma página alojada no domínio aeiou.pt, sem ser dada uma explicação que seja.

Há sem dúvida um profundo entendimento da forma como a Internet funciona, nesta empresa, desejo-lhes muito boa sorte…

Para terem uma ideia da facilidade de disponibilizar conteúdos, o custo do alojamento de todos estes blogs, pelo Aventar, seria de cerca de 5USD por mês. A aeiou.pt, conseguiria suportar este esforço financeiro durante uns meses…


Notas:

  1. Como cada comentário ficava a ocupar o seu próprio ficheiro e como conseguíamos apenas cerca de um http request por cada meio segundo, íamos perder muito tempo numa tarefa cujo resultado seria quase integralmente SPAM. Apesar disto, os blogs que mostravam os comentários juntamente com os artigos, têm-nos preservados.
  2. As plataformas grátis para o utilizador obtêm o seu legítimo lucro vendendo espaço de publicidade, ou até mesmo vendendo as informações que vão recolhendo sobre os seus utilizadores. Pode não parecer evidente à primeira vista, mas nós, os utilizadores, não somos os clientes destas entidades, nós somos, na realidade, a mercadoria. É claro que com estas palavras não quero colocar em causa a dedicação e profissionalismo das pessoas que trabalham nestas plataformas, mas, no fim do dia, o que conta é o lucro: se a plataforma seja por que motivo for, não for conveniente para a empresa, esta será fechada, como acabou de acontecer com a weblog.com.pt.
  3. Há várias coisas que podiam ter sido feitas: estender o prazo para o fecho, dar um ano para as pessoas migrarem para outros serviços não seria demais; O aviso poderia ter sido feito na própria página dos blogs, bastaria mostrar um banner bem visível no topo de todas as páginas.

Comments


  1. O meu mais sincero agradecimento!
    Parece-me próprio, a este título, transcrever o que deixou no meu blog a propósito deste v. gesto: “Para um profundo analfabeto deste éter moderno carregado de tecnologias com siglas estranhas é grato saber que há nele magia suficiente para trazer à vida o que se julgava morto para sempre e que nesse olimpo da técnica, por cada mago que o habita com intuitos maldosos ou displicentes, haverá sempre um outro, magnânimo e generoso, que o confronta e que zela por nós. Obrigado ‘aventares´!”


  2. O vosso arquivo ficou offline há uns dias : (

  3. jose feijo says:

    os meus mais sinceros agradecmentos por este arquivo, só agora descobri. O blog que mantivemos na altura era o a-evolucao-de-darwin , que foi mantido em paralelo com a exposiçao que organizamos na Gulbenkian. Contudo apenas consigo ver as entradas de 2009, será possivel visualizar as anteriores?
    Muito obrigado mais uma vez

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.