Liga mundial sob o signo da chuva

Armindo de Vasconcelos

A Liga Mundial começou sob o signo da chuva, mas a qualidade do piso sintético, que faz do complexo desportivo de Lousada um dos mais apetecíveis a nível internacional, permitiu que se disputasse ainda o primeiro jogo da primeira jornada, no qual Gibraltar venceu Marrocos por 1-0, num desafio sem grandes motivos de interesse e em que os gibraltinos dominaram quase sempre. Ficou, aliás, patente a diferença de ritmo entre ambas as selecções: Gibraltar, com mais contacto internacional, ao ataque desde o início; Marrocos, acantonado no seu meio-campo e lançando tímidos contra-ataques.

O Portugal – Itália, que fechava a jornada, foi, no entanto, interrompido ao intervalo, quando os “linces” venciam por 2-1. O segundo tempo deste jogo terá lugar, amanhã, às 11h00.

A chuva torrencial, se, por um lado, determinou o adiamento, não constituiu óbice a que Portugal e Itália mostrassem que têm argumentos para passar em frente. Portugal entrou forte, e aos 6 minutos já vencia por 2-0, tendo permitido, depois, o golo italiano na conclusão dum canto curto.

Ultrapassada a questão do adiamento, uma vez que sexta-feira era dia de descanso, Portugal folga hoje, assistindo-se em Lousada aos jogos entre a Escócia, grande favorita, e Marrocos, e entre Gibraltar e a Itália.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.