Todo o homem é maior do que o seu erro

josé duarte

Na mão tem um livro aberto. Procuro, com curiosisdade, ler o título: Todo o homem é maior do que o seu erro. «De quem será o livro que tem nas mãos?» – pensei.

José Duarte é um advogado de Paredes preso há oito anos por falsificação de documentos e usurpação de funções. O livro que referi é a sua tese de mestrado publicada e já praticamente esgotado!

Quer agora uma autorização da Direção-Geral dos Serviços Prisionais para frequentar as aulas de doutoramento, obrigatórias. Quer ser o primeiro recluso a concluir a tese de doutoramento!

Como disse um dia a mãe do Nobel da Literatura 2012, “Filho, o homem que me bateu [um guarda que havia agredido a senhora há muitos anos] e este homem não são o mesmo”.

Comments

  1. Amadeu says:

    “Filho, o homem que me bateu [um guarda que havia agredido a senhora há muitos anos] e este homem não são o mesmo”.
    Daí a injustiça da pena de morte.

    Aqui a doutrina e a moral cristãs preconizam a confissão, o arrependimento, a penitência e finalmente a remissão do pecado.

    Sem deus e religião pode haver um percurso idêntico:
    A admissão sincera do erro, compromisso connosco próprios de não cometer o mesmo erro, a “penitência” do que sentimos pelo nosso erro e finalmente, …. a vida segue em frente.

    Adorei o seu post.


  2. E, depois da expiação, todos temos direito ao perdão.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.