Um blog (pelo 4º ano do Aventar)

É pertencer, e estar cada um do seu lado na casa, a pensar e a dizer aos outros, aos do blog e aos que passam, o que se vai pensando. Com os do blog de vez em quando almoça-se, mas sobretudo partilham-se muitos dias da Vida, e partilha-se uma casa, lugar onde se vai deixando qualquer coisa escrita na ardósia da cozinha – qualquer coisa que se guarda para sempre, nessa acumulação não-realista de notas e de memória que é um arquivo digital. Somos também, por vezes, alguns de nós e à vez, soldados dessa tropa que é a dos bufos dos correios e telégrafos, cada um e à vez com a sua trompa megafónica, os pensamentos de há bocado tornados outra coisa, já aprumados para os confrontos na Cidade, e prontos, também, para os comentários – missão ou destino dos que passam, que não os anónimos silenciosos e pardos, e espreitam, e marcam o território próximo da casa, deixando na azinhaga do blog comentários amáveis ou selvagens, para nossa alegria ou tristeza, por vezes para nosso espanto.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.