As Sereias estão na final com o Ribeirense

Está fechada a segunda fase do Campeonato Nacional Feminino de Voleibol.leixoes

O Ribeirense (Açores) e o Leixões (Matosinhos) são as duas equipas que vão disputar, à melhor de três, o título nacional.

Curiosamente, depois de o Ribeirense ter garantido um lugar na final há muito tempo, para este fim-de-semana ficou marcada uma jornada dupla entre o Leixões e o Gueifães. O Leixões tinha 4 pontos de vantagem e, por isso, tudo estava em aberto.

Na tarde de sábado, o Gueifães conseguiu vencer por 3-2 e, por isso, todas as decisões ficaram adiadas para o último jogo.

Hoje, Domingo e a jogar em casa, o Leixões tinha que conseguir, pelo menos 2 sets, que garantiam 1 ponto, tão necessário para o acesso à final.

O Gueifães entra no jogo a ganhar e vence o primeiro set. Mas, as Sereias, apoiadas por um público fantástico conseguiram dar a volta ao jogo e venceram, de forma muito clara o 2º set.

Com muita emoção e entrega de todas as Sereias, o 3º set  acabou por ser ganho pelo Leixões por 25-22!

Estava conseguido o objectivo da época: o Leixões está na final!

Vasco e o debate da igualdade no Século XVIII

frade

VPV é homem de roteiros imprevisíveis. Agora queria levar-nos junto de Locke e Rousseau para debater o conceito de igualdade no séc. XVIII. Deixemos os filósofos em paz  e VPV em conversa pastosa com a Constança, à mesa do ‘Gambrinus’. Venha um John Locke de 25 anos, s,f,v.!

Esta é a recepção merecida

Em Braga, adopta-se a ortografia portuguesa europeia. Recepção. Óptimo. Ah! No Brasil, também… Pois. Mas com o AO90, em português europeu, não… Exactamente.

RTP 1442013

Estou a pensar em faltar ao emprego

Vou justificar por razões atendíveis.

Para acabar de vez com a CMVM

Ao ler o título deste despacho da Lusa, pensei que o presidente da República tivesse abruptamente aportuguesado a terminologia utilizada na instituição onde é membro do muito restrito clube dos “notable alumni” e do ainda mais exclusivo clube dos “internationally renowned alumni“. Efectivamente, o vídeo da SIC não é esclarecedor, mas, por aquilo que leio na notícia do Público, escrita em  português europeu padrão, estas *maturidades terão sido criadas pela Lusa e repetidas por órgãos de comunicação social que plasmam acriticamente os despachos. De facto, Cavaco Silva já falou em maturidade, sim, mas na verdadeira acepção do termo.

Pelo contrário, o ministro das Finanças não se coíbe de utilizar *maturidades («Foi acordado em princípio, e sujeito aos processos nacionais de validação parlamentar, sempre que apropriado, estender as maturidades dos empréstimos oficiais europeus por sete anos»), mas com pertinente correcção efectuada pelos jornalistas no parágrafo seguinte («O ministro português qualificou como “um momento especial” a decisão tomada em Dublin e salientou a importância do prolongamento dos prazos de pagamento»). [Read more…]

Belenenses campeão da II divisão!

Este ´post’  é dedicado ao meu amigo, Ricardo Santos Pinto, portista de ‘sete costados’, opção que respeito. O FCP, por tradição, tem uma relação de amizade com o Belenenses – a deposição de flores na estátua do Pepe no Restelo e a entrada em campo da equipa azul com a bandeira do FCP, nas Antas e agora no Dragão, são provas do bom relacionamento histórico entre dois clubes de futebol.

Clube da capital, e esmagado por Benfica e Sporting, por culpas alheias e próprias, o Belenenses sempre foi achincalhado e classificado de ‘clube de fascistas’.

Gonçalo Rapazote, benfiquista, o mais sinistro ministro do interior do Salazarismo, e uma plêiade de presidentes “leoninos” fanáticos defensores do Estado Novo – Góis Mota, Casal-Ribeiro e Brás Medeiros, por exemplo – não entram nas contas. Importa sim é identificar o clube de Belém com Américo Tomás e Tenreiro que, entre muitos oficiais, sargentos e praças da Marinha Portuguesa, de direita e de esquerda, se identificaram com o clube por efeito da simbologia das Caravelas. Sem esquecer que Belém foi o ponto de partida para a construção do Império.

Já publiquei imagem semelhante no ‘Aventar’, mas lembrar é preciso:

mariano amaro

Ambos jogadores do Belenenses,  Simões e Mariano Amaro, este operário do Alfeite, foram os únicos a contrariar a saudação fascista, de punho cerrado. [Read more…]

O CDS num ponto de viragem

Porto de abrigo dos órfãos da União Nacional na versão mais monárquica e conservadora, o CDS nasceu com uma ideologia difusa (personalismo cristão, pregava Freitas do Amaral com a convicção de se estar a referir a nada e a coisa nenhuma) e assim foi vivendo, abundantemente populista após a aterragem de Paulo Portas (vindo curiosamente do PPD, onde se albergara a contragosto a restante orfandade, que terminou por dominar alguma social-democracia convicta que o fundou).

cds votos

Na vida eleitoral foi escolhendo os territórios que lhe iam garantindo a fuga ao táxi: tivemos um CDS securitário (e sempre teremos), rural e para velhinhos, a parte não derretida do glaciar salazarista que assegurava uma boa base eleitoral.

Ora a viragem do discurso da extrema-direita neste século complicou as coisas, além da lei natural da vida, como diria Cunhal, que vai encolhendo o número dos saudosistas. O discurso dito geracional do neoliberalismo ataca a segurança social numa tentativa de trocar a luta de classes pelo conflito entre os velhos que gastam o que os pobres jovens terão de ganhar. Irónico, se me recordar do que significava “conflito de gerações” na minha adolescência, utilizado então para negar os conflitos sociais, reduzidos a modas, charros, música e essas cenas da malta nova que não respeita o peso da sabedoria anciã. [Read more…]

Pluralismo é

ser insultado e maltratado, diga o que disser, escreva o que escrever. Vou repetir: Soares já foi processado por incitação ao magnicídio?

Governo espera fechar Orçamento e reforma do Estado até ao fim do mês*

Seguir-se-á o País, logo que possível.
*

Faz hoje anos

Flag_of_Spain_1931_1939.svg
Segunda República Espanhola

Onde está Portas?

onde é que andará Portas

Pois é JP, onde é que andará o Portas?
Ninguém acredita que ele esteja a procurar passar por entre
os pingos da chuva ácida desta governação, pois não?

Tenham Medo (1): Torre Bela

Inicio aqui uma série para Abril, Tenham Medo,  filmes e revoluções, com a pedagógica intenção de alertar as jovens gerações reaccionárias para os riscos que correm, ou como diria Mao Tse Tung: a contra-revolução não é o chá das 5. [Read more…]

Color Run Matosinhos IV

anjo azul

Anjo Azul. Foto de Filipe Oliveira.

Obras de Paula Rego vão-se embora de Portugal

Ainda acham que o país poupa dinheiro por não ter ministro (Ministério) da Cultura?

Pois é, o populismo dá nisto.

Adenda: depois de alguns comentários a este poste, vi este artigo no Público de hoje. Nem de propósito…

Alguém viu por aí o Portas?

Ele, segundo o adjunto, deveria ter ido. Mas, ele, que anda por aí, não foi.

Será que ele já deixou o governo e ainda não disse a ninguém?