Lama e Pegas de Cernelha

O que Menezes tem a mais [adesão popular espontânea e mobilização desde as elites aos mais simples] e os outros a menos só pode ser passível de arremesso de lama e pegas de cernelha. Alguns media, ao serviço de quem lhes comanda a agenda e suporta a sobrevivência, não estão nada interessados em denunciar e combater lógicas e práticas com décadas no Portugal Local. Estão, sim, exclusivamente interessados, tal como bloquistas e comunistas, em ajudar a destruir um candidato na secretaria e a dar a ganhar eleições na secretaria àqueles que não excitam nem mobilizam senão menos de 20% de um eleitorado, assassinando o fair play eleitoral numa ficção impoluta venenosa. Pois não conhecem o País em que vivem nem sabem com que gentes se metem. Quanto à CNE, por onde tem andado nos últimos quarenta anos e para que se presta a enunciados hipócritas por encomenda?! As populações querem os mais capazes, os mais competentes, os mais arrojados, os mais fortes, como Menezes. Quem decide é quem vota. Se PS e PSD quisessem clareza na limitação de mandatos ou estivessem realmente interessados em práticas locais salubres, muito acima de qualquer suspeita, teriam segregado condições para uma e outras a tempo e a horas.

Comments


  1. Tens toda a razão do mundo. Na questão da limitação dos mandatos. Quanto ao personagem, são públicas as minhas posições sobre o seu PÉSSIMO trabalho. Agora, andar a pagar “coisas” e “coisinhas” ou ter condenados por crime fiscal como candidatos na junta de Campanhã que antes andaram a comer na Gaianima… Isso, meu caro, é que nos deve, a todos, fazer levantar da cadeira… Pela Democracia! JP

    • Joaquim Carlos Santos says:

      Caríssimo JP, meu amigo, bem sabes que a minha visão, enquanto gaiense, acerca do trabalho de Menezes é a melhor possível e a minha convicção é a de que, com ele, o Porto aumentará de ritmo, ganhará outra vitalidade, terá finalmente uma liderança afirmativa e não frouxa e bisonha, como até aqui.

      Quanto ao João Vieira Pinto, uma simpatia, só posso ficar feliz quando se faz justiça no âmbito fiscal ou noutro qualquer. Veremos com que olhos a população considera o seu filho JVP, caucionando-o ou não com o voto. Sempre a considerar-te.


      • Isto (o Porto aumentará de ritmo, ganhará outra vitalidade, terá finalmente uma liderança afirmativa e não frouxa e bisonha, como até aqui.) subscrevo. Aliás, pior do que o Rui Rio seria impossível.
        Quanto ao JVP… Eu, sócio do SLB, o fã nº 1 do Menino de Oiro… Fico sem palavras ao ver no que ele se meteu… Mas, enfim 🙂
        Aquele abraço, longe do Menezes 🙂
        JP


  2. Sr.Joaquim Carlos Santos: grande coragem a sua.Escrever um artigo destes no Aventar, até me custa a acreditar!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.