Personalizar e Despersonalizar a Crítica

André, André, como é que podes ser tão suave: «Personalizar a crítica na figura de José Sócrates é apenas mais um dos erros da “direita” portuguesa.» Lamento, mas despersonalizar essa mesma crítica é que é apenas mais uma forma de ser cúmplice com os erros da “esquerda” moderada portuguesa. É terrível que Passos, ao não denunciar o Passado Burlo-Keynesiano e ao fazer pesar sobre nós todo o peso do ajustamento, na prática caucione e justifique aqueles abusos, tudo o que está para trás, num silêncio consentidor.

Não deves ter vivido no mesmo País que eu, um País toldado pela frenética engrenagem mediática com a sua barragem diária de fogo e que custou balúrdios a esse Estado Português cujo problema-não-era-sócrates. Que disparate! Pela primeira a vez, o mau carácter e as más políticas casaram tão perfeitamente que o primeiro determinou o grau de abuso das segundas e as segundas só se agudizaram sob o influxo tresloucado do primeiro.

Demasiada brandura cheira-me a esturro.

Comments

  1. Por falar em custar balúrdios, meu amigo Joshua:
    – Quanto achas que terá custado a Birra de Portas para se tornar Vice-PM?
    – Quanto terá custado as afirmações de Machete?
    – Quanto terá custado a “brincadeira” do BPN organizada por figuras destacadas do PSD?
    – Quanto custa e custará o caminho cego da austeridade que nos estão a impor?
    – Quantos desempregados teremos de ter mais para que Passos acorde?
    – Quanto custa cada Orçamento de Estado aprovado por Cavaco Silva e que é considerado inconstitucional?

    Principalmente: Quanto irá custar ao meu miúdo de oito anos, que dorme inocente ali ao lado, toda esta politica cega, fria e desumana?

    • joshua says:

      Os olhos da cara. Mas é o mais barato que há. Para mudarmos de preços, teríamos de mudar de País.

  2. E porque não mudar os preços no próprio País.

    O BPN foi barato?
    Deu muito a ganhar a figuras Burlo-Madoffianas do Partido Sugcial Demerdrático!
    Onde está o dinheiro?

    Agora é o dinheiro ganho com Trabalho que paga o dinheiro perdido com especulação?

    O raio que os parta!

  3. Caro Joshua, como diria Mário Soares de quem tanto gosta, só os burros não mudam de opinião. Pense lá nisso, ainda vai a tempo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.