Sacanas sem lei*

Bagão Félix demonstra porque é que os cortes nas pensões no OE2014 são absurdos e porque é que serão chumbados pelo TC. Em causa estão cortes com valores diferentes para situações de igual rendimento global e quebra de contrato retroactivamente com quem já entregara as suas contribuições à Segurança Social.

Acreditaríamos que o bando que está no governo seria incompetente se não soubéssemos que procura fazer do TC o bode expiatório para os seus próprios falhanços.  E que tem por estratégia desmantelar o estado social para erguer um novo negócio entre os privados.

Resta-me pedir desculpa por ter contribuído para a chegada dos lobos ao poder – já devia ter idade para não acreditar em programas eleitorais. Se há partidos em que não votaria devido aos seus programas eleitorais, agora há partidos nos quais não posso votar porque não cumprirão os programas com que concorrem. Nas próximas eleições, no entanto, tenho uma estratégia, a de escolher onde exercer o meu favor popular com base no sorteio da lotaria. Mesmo com baixa probabilidade, existe a possibilidade de alguma vez acertar.

* mas ainda a terem que cumprir a Constituição

No Verde

nove sessões consecutivas.

Personalizar e Despersonalizar a Crítica

André, André, como é que podes ser tão suave: «Personalizar a crítica na figura de José Sócrates é apenas mais um dos erros da “direita” portuguesa.» Lamento, mas despersonalizar essa mesma crítica é que é apenas mais uma forma de ser cúmplice com os erros da “esquerda” moderada portuguesa. É terrível que Passos, ao não denunciar o Passado Burlo-Keynesiano e ao fazer pesar sobre nós todo o peso do ajustamento, na prática caucione e justifique aqueles abusos, tudo o que está para trás, num silêncio consentidor.

Não deves ter vivido no mesmo País que eu, um País toldado pela frenética engrenagem mediática com a sua barragem diária de fogo e que custou balúrdios a esse Estado Português cujo problema-não-era-sócrates. Que disparate! Pela primeira a vez, o mau carácter e as más políticas casaram tão perfeitamente que o primeiro determinou o grau de abuso das segundas e as segundas só se agudizaram sob o influxo tresloucado do primeiro.

Demasiada brandura cheira-me a esturro.

Obrigado, Troika

20131021_182928

E obrigado comunicação social, que compareceu em peso a uma falsa manifestação, enquanto se afadigam em não divulgar as que no próximo sábado se realizam por todo o país. Um tiro em cheio, no alvo.

Fotos via 5 Dias.

Fartos de queixumes…

kld

Não sou adepto do partido no poder em Angola, mas ainda me revejo menos no discurso truculento de algumas figuras da oposição. No entanto, enquanto cidadão estrangeiro, entendo não me dever imiscuir nos assuntos internos do país que me acolhe bem, onde conheci pessoas de quem me tornei amigo. Foi com tristeza que ouvi o discurso do Presidente de Angola. Mas compreendo a sua posição. Quando me desloco em férias a Portugal, constato que muitos pensam que enriqueci. Outros olham para mim de soslaio como se fosse um corrupto. Existe muita incompreensão e má vontade para com esta antiga colónia, outrora a jóia da coroa do império colonial. [Read more…]

Obrigado, troika

20131021_182918 (1)

Manifestação irónica de agradecimento à troika divulgando a manifestação de 26 de Outubro.

Ora Foda-se, Zé!

Que-se-lixe-9Afinal brincamos às manifs e contra-manifs?! Feio. Muito feio. Tiros que só podem sair pelo cu da arma.

Mercados

mercado

Tomada de posse #2

Eduardo Vítor Rodrigues é o novo Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e está, neste momento, a tomar eduardo-vitor-rodrigues-e7e6posse.

Escrevo sobre Gaia há muitos anos e por isso sinto uma enorme expectativa neste mandato do Professor Eduardo Vítor. Sente-se nas pessoas uma esperança numa forma diferente de fazer política.

Confesso que fiquei muito contente com a vitória em Gaia, quase tanto como com as derrotas de Carlos Abreu Amorim, aqui em Gaia e Luís Filipe Menezes no Porto.

O projecto que ambos desenharam foi pelo voto abaixo e isso foi uma expressão fantástica da força do povo. Esta gente tinha para o Grande Porto e para todo o norte um projecto de poder muito delicado, que felizmente foi derrotado. A cambada que vivia à custa da autarquia de Gaia estava-se a preparar para ampliar o seu território e o povo percebeu isso. Foram os concertos com o Rui Veloso ou com o Quim Barreiros, os porcos, as facturas de cartazes do Porto que chegaram a Gaia, as nomeações de Presidentes de Junta para cargos nas Águas de Gaia, enfim, uma lista sem fim de trapalhadas que, finalmente, estão atiradas para longe.

Costumo perguntar aos  putos o seguinte:

– se um buraco demora uma hora a fazer, quanto tempo demora a fazer meio buraco?

Palpita-me que em Gaia não vão faltar buracos e buracões, mas agora é a nossa hora – a hora dos Gaienses, pessoas normais que assumem a gestão da sua terra. Vamos a isto!

Boa sorte Eduardo Vítor!

Problemas na Lavandaria

Eduardo dos Santos voltou a soltar os cães do pasquim de Angola sobre a nossa cúpula política. Não é que a escumalhada não mereça levar umas ferradelas das feras assanhadas de Luanda mas não deixa de ser hilariante ver o jornal oficial de um regime opressor a queixar-se de uma “agressão intolerável” por parte de um país cujo Ministro dos Negócios Estrangeiros violou o segredo de justiça e o princípio de separação de poderes para agradar o ditador e provar a nossa vassalagem aos kwanzas.

A corte de um dos últimos “Reis da Escócia” continua, assim, a chantagear os responsáveis políticos portugueses e a tentar pressionar o Ministério Público para arquivar os processos referentes a serviços de lavandaria prestados por entidades portuguesas a alguns “heróis” angolanos como o General Kopelipa, um senhor que faz uns negócios simpáticos aqui pelo rectângulo. Depois da ameaça do fim da “parceria estratégica” feita pelo Presidente Eduardo dos Santos, ficamos hoje a saber, através da jornal de propaganda do regime, que a própria lusofonia está em perigo e que Portugal é uma carta fora do baralho das obras públicas, do petróleo e da tecnologia angolanas.

[Read more…]

As manifestações Vasconcelos, uma tradição anal portuguesa

Defenestração de MigueldeVasconcelos

Não entendo algum espanto pela realização de uma manif designada por “Obrigado Troika promovida pela Senhora Dona Rita Ferreira de Vasconcelos. Trata-se de uma tradição nacional, a nossa aristocracia, mais tarde a burguesia, nunca se sentiu muito bem na pele portuguesa e adora ser protectorada, sobretudo se for por trás e sem vaselinas.

Remonta a 1128, quando tivemos o movimento “Obrigado, Teresa, amamos-te Galiza” que mais tarde deu origem ao “Amamos-te Afonso VII, és um Leão“, durando este até 1143.

Em 1383-85 foram frequentes os desfiles sob o lema “Gracias Castilla, Gracias Juan“, onde pontificava Pedro Álvares Pereira.

A partir daqui ocorreram com  frequência manifestações mais matrimoniais, que culminaram em 1580 com o vitorioso “Gracias, Filipe“, vitorioso até 1640, quando Miguel de Vasconcelos, grande patrono destes movimentos cívicos, enfrentou a lei da gravidade. [Read more…]

Jeroen, Ordinário Neutralizador de Manifs

Não me doem as opiniões francas e directas de ninguém. Abraço com extremo interesse e paciência os que se me opõem, permaneçam calmos ou não a opor-se-me. Acho divertido escandalizar o Credo da CGTP e estimulante rasgar o Decálogo do PCP, da mesma forma que me fascina a crítica sistemática que se pode fazer com extrema facilidade ao Socialismo Português, o Chupcialismo, à sua retórica de impostura e temor da impopularidade, e sobretudo à fase totalitária recente do Socratismo, cuja abordagem e chamada à colação com esta fase Passista, não sei porquê, desagrada profundamente aos que se ancoram no presente político como o único monólito conveniente como se não houvesse o antecedente político e o grande pedregulho das respectivas responsabilidades. [Read more…]

“Obrigado, Troika”

A manife é promovida pela Rita Ferreira de Vasconcelos. O Miguel de Vasconcelos, afinal, deixou descendência.

miguel-de-vasconcelos

Os pobres não saem à rua

foto jn

foto jn – é melhor não clicar, que aumenta

Foram um fracasso as manifestações organizadas pela CGTP no passado sábado. Uma capitulação dramática da central sindical perante o povo e os trabalhadores. E a mobilização fraquinha, como se previa na bloga mais pura, verdadeiramente rubra. [Read more…]

Os ratinhos dão o primeiro sinal

Pedro Rodrigues, o ex-presidente da jota, é candidato à distrital de Lisboa do PSD. Uma voz do partido contra o impopular governo e o ainda mais impopular Passos Coelho. Coisa bonita e corajosa.

Para ser candidato Pedro Rodrigues, em gesto de grande abnegação, até se demitiu do dito governo de Passos Coelho onde tinha o simpático lugar de Chefe de Gabinete do ministro que manda na política do Governo. Confuso? Não esteja. É simples. Pedro Rodrigues é candidato contra o passismo e um governo do qual fazia parte até há duas semanas. Nada do outro mundo. E muito coerente. É que o mesmo Pedro Rodrigues até tinha sido um dos principais apoiantes de Paulo Rangel nas eleições diretas do PSD.

[Read more…]

Constituição

consituicao

Professora na playboy

Sim, é verdade – o leitor do Aventar está habituado a levar com uns posts que prometem muito e depois…

nicole

Mas, desta vez, o prometido é devido. Já passa da meia-noite e a bolinha vermelha já está ali no canto superior direito do ecrã.

Pronto. Agora que já olhou para lá e verificou que a oração anterior se destinava, mais uma vez, a iludir o leitor, repare caro amigo ou cara amiga que uma docente foi despedida por ter sonhado. Calma! Não foi isso.

Ela sonhou aparecer na Playboy e na sequência dessas imagens, pimba – o Crato lá do sítio, coloca a menina nuns patins (esta sugestão para as próximas imagens da coelhinha fica de borla) e ela está fora do meio académico, sendo que nem todos estão de acordo com a partida. Pois, como eu os entendo… [Read more…]