Foram precisos dois anos

Para a entidade auditora do FMI perceber que a entidade auditada tinha razão. Mas vale tarde do que nunca!

Comments


  1. Ao menos escrevem tecto com “c” ou também o meteram no caixote ?? grandes intelectuais que já ensinam coisas de caixotaria – interessante é que os portugueses até gostam e se esforçam nesse lexical lixo

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.