Portugal – caos, memória e esperança

livro_portugal_caos_memória_e_esperança
Marco Faria

Será a crise da justiça um problema real, ou uma conclusão precipitada, instintiva e “sobremediatizada”?
Poderá o presidencialismo fortalecer a III República? Portugal é um país desigual?
A globalização é um monstro?
O que fazer à União Europeia institucionalmente aprisionada pelo eixo Berlim-Frankfurt?
E se Winston Churchill tivesse estado na Portela do Homem?
Qual o lugar da ética numa época de desesperança?
De um ponto de vista racional, o propósito deste ensaio é levar o leitor a pensar.
Num plano emocional, que os portugueses não deixem de amar a sua pátria e de acreditar em si próprios.

Trackbacks


  1. […] O “bem” estará à venda nos próximos tempos, é garantidamente 100 por cento nacional e excluiu contraindicações médicas. É um “produto” com fraquezas e falhas, não adianta ser juiz em causa própria. Uma obra escrita para pensar, sentir, e, por vezes, rir. No princípio, está a Justiça. No fim, a Ética. Pelo meio, 48000 palavras e 211 páginas desdobradas por oito capítulos. Preço final de capa: 12 euros, numa livraria perto de si (regateie, peça desconto, vale sempre a pena tentar). A gratidão é um sentimento imprescritível no tempo e vai direitinha para o Prof. Carlos Daniel e todos os amigos que estiveram no Desassossego Bar Livraria, final de tarde de sábado, 7 de Fevereiro de 2015 (os ausentes terão oportunidade de se redimirem no futuro). A amizade é um tesouro entre os homens (não paga imposto, de resto, ainda). […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.