Domspatze: escola coral ou casa dos horrores?

pedofilia-na-igreja

Nos últimos anos, inúmeros escândalos envolvendo vários tipos de abusos a crianças, ocorridos no seio da Igreja Católica, foram tornados públicos. O caso da escola coral de Domspatze, na Alemanha, será, sem grande margem para dúvidas, um dos mais graves. Os números agora apresentados pelo advogado da escola, contratado para investigar o caso, apontam para 231 crianças abusadas entre 1945 e 1990, sujeitas a práticas tão macabras como violações, espancamentos e privação de alimentos. Segundo o maestro Franz Wittenbrink, ex-aluno da escola, imperava em Domspatze um “sistema de punições sádicas ligadas ao prazer sexual“. Porém, os vários sacerdotes identificados como agressores não deverão ser alvo de qualquer punição, uma vez que os crimes já terão prescrito. Tudo na paz do Senhor. Amém.

Comments

  1. helena says:

    é tipo de delito que NUNCA deveria prescrever!!!

  2. Izabela Silva says:

    Um verdadeiro absurdo!