Parabéns, Isabel Moreira!

isabel
Em Novembro de 2014, Isabel Moreira admitiu enviar a suspensão de subvenções vitalícias para o Tribunal Constitucional.
Pouco mais de um ano depois, aqui está o resultado: a subvenção vitalícia regressou.
Está de parabéns o Tribunal Constitucional, que agora certamente vai obrigar à devolução, com retroactivos, de tudo o que foi retirado aos portugueses normais nos últimos anos. Estão de parabéns todos os chulos deputados que vão receber milhares de euros até morrerem por terem estado meia dúzia de anos no Parlamento.
E está de parabéns, obviamente, Isabel Moreira, que afinal conseguiu o que queria. Definitivamente, quem sai aos seus não degenera!

Comments


  1. Olha… não é muito frequente, mas estamos os dois de acordo neste ponto.

  2. de Luanda com amor. says:

    Tenho a certeza que o Coelho, nunca mais fará a ponta dum corno na porca da vida…

    Há gajos com muita sorte. Conseguem a bela reforma sem nunca terem vergado a mola.

  3. António Santos says:

    Tanto quanto consegui ler, a deputada Isabel Moreira não se conta entre os deputados que levaram a questão ao Tribunal Constitucional.
    Tiro ao lado, o autor do postal terá agora a coragem de se retratar e pedir desculpa?

    • Ricardo Santos Pinto says:

      Sim. Terá a coragem de pedir desculpa quando a deputada Isabel Moreira pedir desculpa por dizer o que disse há uns meses atrás.

  4. Afonso Valverde says:

    http://rr.sapo.pt/noticia/44628/maria_de_belem_entre_os_30_deputados_que_pediram_fiscalizacao_de_subvencoes
    Não faz parte da lista dos requerentes.
    Se disse, saberá o senhor. Creio que ouvi também uma declaração dela na TV. Contudo, pode ter mudado de opinião e não subscreveu o requerimento.
    Não será correcto coloca-la nesta posição e deixar todos os outros “sem rosto”.


  5. canbada de onergumes que exploram o ererio publico ate ao tutano.

Trackbacks


  1. […] Isabel Moreira deu o mote e, pelo menos, deu a cara. Sob a sombra do anonimato, 30 escarros decidiram que ainda não tinham parasitado suficientemente o Erário Público e que, sendo assim, tinham de parasitá-lo até baterem a bota. Por terem «trabalhado» durante meia dúzia de anos no Parlamento. São estes os 30 escarros que conspurcam a democracia portuguesa. 30 entre muitos, muitos outros. Gente de tão baixa índole que não merece sequer a terra que os há-de comer. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.