Ignorância e preconceito


Se pensava que a grande marcha amarela se resumia à manipulação de números e informação, aproveitamento político da direita parlamentar e da Igreja Católica e instrumentalização de crianças que pouco ou nada percebem sobre aquilo que se está realmente a passar, fiquem com este vídeo do Manifesto74 e desfrutem deste belo espectáculo que junta o melhor da ignorância com o preconceito mais básico e pateta. Mas sem misturas, é tudo boa gente.

Via Manifesto74

Comments

  1. A.Silva says:

    Boa reportagem🙂

  2. Martinhopm says:

    A propósito transcrevo do jornal ‘Público’ de 30 de Maio de 2016, do artigo ‘Não somos escolas para meninos ricos nem para betinhos’, da jornalista Ana Henriques: «(…) Menos convencidas parecem estar as crianças que vieram à manifestação: várias não conseguem explicar muito bem por que razão preferem continuar nos colégios que frequentam enquanto outras são proibidas pelos progenitores de falar sequer sobre o assunto. Levam cravos e balões amarelos na mão, como toda a gente, mas há mães que lhes ralham e tapam a boca com a mão quando tentam responder a perguntas.»

  3. anónimo says:

    Eles comem tudo, eles comem tudo, eles comem tudo e não deixam nada.

  4. Claro, há falta de médicos!
    Um diz que “carregou” no filho por ser burro(foi o que se inferiu)e mandou-o para a Suiça porventura para as obras, e, entretanto foi para Lisboa beber uns copos, provavelmente pagos pelo padre da terra.
    Agora a que falou do Zeca Afonso, precisa urgentemente de ajuda.
    Não basta ir à missa…

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s