Bilhete do Canadá – Notícias e comentários


aventar news

Maria Luís Albuquerque – “Se eu fosse ministra, Portugal não sofreria sanções”.
É um argumento de pátio, varinesco que fede. Traduzido, quer dizer: chamo antes que me chamem.  Porque, como todo o país sabe e a UE não ignora,  quem criou uma situação passível de sanções  foi ela mesma, com o pleno apoio do governo a que pertenceu.  A pandilha da UE resolveu virar o  bico ao prego, usando esta ameaça para  tentar denegrir o governo actual. E, claro, está a contar com o apoio de Maria Luís, Passos Coelho,  Montenegro, Nuno Melo. Cristas, Rangel, etc., capachos onde Schäuble e Merkel limpam os sapatos.

Comissário europeu avisa: fundos estruturais podem ser congelados a Portugal.
Mais um cachorro amestrado da matilha que os dirigentes da Alemanha aconchegam e nós pagamos.

Miguel Relvas perdeu o curso por decisão do tribunal.
Não perdeu a vergonha porque nunca a teve.  O mesmo se diga de quem dirige a Univ. Lusófona:  fez o que fez pelo “irmão da loja” e teve o despudor de anular 150 cursos obtidos da mesma forma.  E não há ninguém que feche essa chafarica. E outras.

Pablo Iglesias (Podemos) atribui o revés eleitoral ao medo entre os votantes.
Medo, sim, da imagem de desequilibrado que ele deu a Espanha.  Não há ninguém que lho diga para ele se emendar?

Carla Bruni: “se o meu marido me for infiel, corto-lhe a garganta.
Uma destas!!!  Querem ver que o Sarkozy casou com uma jiadista?

PJ descobriu móveis antigos desviados do museu da PR.
Se algum dia  se fizer o livro negro do  roubo do património desde há 41 anos, no Palácio de Belém, de São Bento, em embaixadas, dinheiros e colecções de arte que se mandaram para o estrangeiro no Verão de 1975 e que ficaram nas garras dos passadores, tudo rapaziada fina e de boa reputação à direita, se isso acontecer, vai ser um terramoto.   Está-lhes na massa do sangue.

PCP e Bloco de Esquerda enganam os eleitores e a imprensa – afirmou Duarte Marques
Este tipo de Mação é tão bronco, tão bronco, que até enternece. Tem as qualidades todas para entrar num governo do Passos Coelho.

Marcelo e Sampaio recusaram o Mercedes de 150 mil euros. Costa aceitou a viatura.
Uma notícia dada de forma reles. O que se faria com o carro: deitava-se no lixo? Donde vem o mal de ter sido atribuído ao gabinete do Primeiro-Ministro? O cuidado que se teve de não realçar que foi comprado por Cavaco Silva para substituir o Mercedes em que andou nos seus tempos de PR e que resolveu guardar para a reforma. Porque não deixou ele o encargo de comprar novo carro ao seu sucessor? Fazia todo o sentido e era uma atitude decente.

Cristas acha que os milhões originados pela descida do IVA devem ser dados à natalidade.
Sabendo toda a gente que esta cristianíssima criatura não dá ponto sem nó, cabe perguntar qual o seu interesse nestes milhões. É parideira ou é parteira?

Comments

  1. Maria says:

    é preciso ter grande lata.

  2. Edgar Carneiro says:

    E muito mais haveria que dizer … que os frades são poucos e a confraria tem sido farta, bem farta…

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s