Enfim


Fala-se tanto na defesa da língua portuguesa como sendo uma das dez mais faladas em todo o mundo, na importância de valorizar a CPLP, na alma lusa, em Camões e Pessoa, usam-se cachecóis com as cores nacionais, canta-se o hino, grita-se “Portugal” e apregoa-se o fado e a saudade.

Mas, no fim de contas, lá temos o Primeiro-ministro português a falar em castelhano numa entrevista a um jornal espanhol.

Não fosse ser tão triste, seria de rir.

Comments

  1. Nina Santos says:

    “Cascóis – cascol” :resina originária de árvore americana; produz um género de lacre negro.
    (Etm. do castelhano: cascol)

    Quereria dizer cachecóis.

  2. JgMenos says:

    Já ouvi dizer que o Português é o ‘Castellano sin huesos’.
    Nada mais apropriado para definir o o castelhano de Costa.

    • José Fontes says:

      Ó olharapo Menos:
      Há uns tempos, um comentador disse aqui que o nickname JgMenos era um dos disfarces de um cromo que escreve no jornal Observador, de seu nome João Pires da Cruz.
      Fui procurar e, de facto, na tua foto, aquela cara de troll (ou de olharapo, como se diz aqui em Alcobaça), aquele sorriso parvo e aqueles olhinhos pequeninos de estúpido, tudo aquilo confere com o que escreves nos teus comentários.
      Grande grunho que me saíste.
      O Marco Orelhas, a besta do Canelas que partiu o nariz ao árbitro, ao pé de ti é um verdadeiro intelectual.

  3. Pedro Soares says:

    Já ouvi um PM e até um Rei espanhol a falar português em Portugal.
    Não inventem cenas.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: