Qual é o país, qual é ele, parecido com a Emma Watson?

Now… I actually changed my mind, just about a year after saying this particular dumb thing.

Paul Krugman

‘Health of the economy’ is defined in such a way that the economy can be extremely healthy while just about everybody is starving to death. Those two things are uncorrelated.

Noam Chomsky

I’d rather ride a horse than drive a car.

— Sam Shepard

***

Quanto ao país parecido com a Emma Watson, efectivamente, o país é… Portugal!

Há cerca de uma semana, Emma Watson «usou tatuagem com erro ortográfico».

No outro dia (muito obrigado ao extraordinário leitor do costume), o jornal A Bola voltou a impressionar-nos com questões de alfaiataria, confrontando o porta-voz do FCP com um fato a usar.

Sim, porque o original da revista Sábado não tem fatos.

No mesmo jornal, também houve estes aborrecimentos com uma grafia (‘factor’) problemática em traduções, como sabemos desde os “human fator issues”:

Hoje, temos o panorama habitual, no sítio do costume.

Pegando num dos assuntos da semana passada, existe igualmente esta prática, extremamente irritante, de um órgão de comunicação social alterar a grafia correcta e exemplar de um homem adulto e devidamente escolarizado.

Sousa Pinto escreve actor

e está sujeito a que alguém lhe faça isto (refiro-me à grafia e não à exactidão da citação).

Pronto, não maço mais os deputados, ávidos leitores destes apontamentos e tão esclarecidos sobre a matéria ortográfica, que até decidem manter este estado de coisas. Sim, porque está tudo bem, para quem gosta de ter arena nos óculos.

Agora, regresso aos professores Housen & Picard e só volto daqui a uns dias. Como diria o excelente A.G. Sulzberger, «yes, the tumbleweeds are on the move again».

***

Comments

  1. E aiiiiiiiiiiiiiinda!... says:

    Uma pérola dos tempos que correm:
    “Sou assinante da Sport TV e se t͟i͟v͟e͟s͟s͟e͟ em casa a ver o jogo reclamava o meu dinheiro.”

    Alguém de uma redacção de um jornal (?) desportivo, citando e transcrevendo, da oralidade para a escrita, as palavras de um treinador às câmeras e microfones…

  2. ZE LOPES says:

    Rymas Elegyacas em Omenagem ao Achordo Ortographico (e mais uma!):

    Mandei fazer um belo fato,
    Apresentaram-me a fatura,
    Não paguei de imediacto,
    Por duvidar da costura.

Trackbacks


  1. […] imensa desculpa por este aparte, a prometida e necessária interrupção continua dentro de momentos. […]


  2. […] No outro dia, foi a SIC. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.