Em Portugal, é «possível estabelecer contato imediato»

It’s hard to get the students who read a lot of Foucault, for example, to worry about anything as simple as national health insurance, or the minimum wage, or immigration policy, or NAFTA, or something like that.

Richard Rorty

É como chegar, não chegar

Pára, enfim, a relação

GNR

***

Efectivamente, no sítio do costume, a possibilidade de estabelecer contato imediato existe há 7 anos.

Sim, eis o ‘eminente’ tão associado ao ‘perigo’ no Diário da República, em vez do esperado ‘perigo iminente’ (recordo indicações dadas em Dezembro de 2015, Janeiro de 2016 e Novembro de 2016), mas não nos dispersemos.

Porque os primeiros dias úteis de 2019 estão a ser bastante excitantes e extremamente auspiciosos. Ontem, também houve contato.

E hoje? A mesma coisa.

Amanhã, infelizmente, é sábado. Amanhã, não haverá contato. No sítio do costume.

Texto escrito a bordo do Alfa Pendular, entre Lisboa e Vila Nova de Gaia, em 4 de Janeiro de 2019. No domingo, regressarei a Bruxelas. A vida não para. Para tudo! Para quê?

Exactamente.

***

Nótula: Por falar em comboios (não sou muito trovante), ficai, de novo, com os excelentes GNR:

Comments

  1. JgMenos says:

    A geração mais qualificada de sempre em plena acção!

    • ZE LOPES says:

      É! Ainda há dias vi o Malaca Casteleiro em calções e t-shirt a fumar umas ganzas à porta da Academia das Ciências! Tá tudo explicado!


  2. ….e todas estas asneiras persistem no periódico oficial da República, que vergonha! e tudo fica sem ser corrigido ! mas … e por quem ?? e quem mais alerta e se incomoda ou está no mínimo atento ? e a quem de direito recorrer para intervenção necessária ?
    ! não há dúvida, a mediocridade irresponsável instalou-se, lástima .

  3. Ze LOPES says:

    Mais uma Ryma Elegyaca em Omenagem ao Achordo Ortographico:

    Tenho aqui um artefato
    Que permite, de fato,
    Estabelecer um contato
    De um modo imediacto.

  4. João Barroca says:

    A estabelecer contatos desde 2011

Trackbacks