O fato é parâmetro preferencial

Phenomena in physics are also conditioned by all kinds of extra-physical parameters, which may be biological, chemical etc. Would physicists try to explain physical phenomena by extra-physical causes before having tried physical explanations? Would anybody believe that extra-physical explanations are superior to physical ones per se?

Tobias Scheer

Penny meant “if he were a purple leprechaun”. Penny forgot to use the subjunctive.

Sheldon

***

Depois de termos ouvido Searle a pronunciar-se sobre o modo que exprime acções e estados ainda por realizar e hipóteses ou acções e estados irreais, hoje é a vez de ouvirmos (e lermos) o Sheldon a exprimir-se sobre o conjuntivo. Relativamente a ontem, esta é a grande novidade que me apraz registar. No sítio do costume, lamento imenso, continua tudo exactamente na mesma.

Continuamos com contatar (e contactar!):

Aliás, abrindo um parênteses, esta tendência não é exclusiva do Diário da República — também sofrem do mesmo mal quer a Lusa, quer quem divulga os despachos (os meus agradecimentos ao excelente leitor do costume, por este alerta):

Fechado o parênteses, mantêm-se os fatos:

Até há mais fatos:

E o fato também continua:

Por hoje, é tudo.

Recordo que andamos nisto desde Janeiro de 2012.

Até breve.

***

Comments

  1. ZE LOPES says:

    Mais uma Ryma Elegyaca em Omenagem ao Achordo Ortographico:

    Se quer que um fato seja um fato,
    De fato, só se fizer um.
    Pois de fato, se não há fato,
    Não se deu fato nenhum.

Trackbacks


  1. […] ontem e anteontem, temos na epígrafe uma referência ao conjuntivo. Como ontem e anteontem, temos grafias exóticas, no sítio do […]