A fava 2010 – não há ponto G !

Pois é, as más notícias andam sempre por perto. Os investigadores do King’s College dizem que não há evidências da existência do ponto G!

As primeiras reacções são de grande alívio porque a procura dessa zona erógena, constituia uma preocupação para muitos casais, se não mesmo uma obcessão. O que dava em nada. Já viram o que é em pleno acto amoroso, um dos parceiros ou mesmo os dois andarem à procura do ponto G?

Em contrapartida, há menino que se gaba, que ele, sim, é especialista em ponto G e sua sábia estimulação, o que lhe garante à partida, uma vantagem não dispicienda. Já estou a ver o gajo, a explicar à parceira que é pura perda de tempo, o acto sexual sem ponto G.

E agora? A primeira (e quase certa) é os cientistas  estarem errados, como aliás, muito menino vai já começar a explicar à parceira. A segunda, é a maioria das mulheres começarem a explicar aos parceiros que aquelas posições contorcionistas, só dão cabo dos rins e o melhor é voltar à posição de missionário, que tem imensas vantagens e até dá para dormir mesmo antes do acto terminar.

E a terceira? A terceira é continuar a acreditar, ou antes, é fazer um jogo amoroso, carinhoso, meloso, estilo ” eu não te disse, amor”? “é preciso ser mesmo especial, topas”?

E ela topa!

Comments


  1. Eles eliminaram o ponto G que é para promoverem o GPS. Topas?

Trackbacks


  1. […] Ponto G. Será o desvendar de um mito, ou mais um estudo sensacionalista! http://www.aventar.eu/2010/01/10/a-fava-2010-nao-ha-ponto-g/ […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.