A Pastelaria Gomes e a Azia…

Não sei se foi por me empanturrar de covilhetes fabulosos e dos inacreditáveis éclairs da Pastelaria Gomes em Vila Real ou se foi da vitória do benfas e do Braga, já para não falar do empate do meu F.C.P., mas hoje acordei com uma azia que nem vos digo nem vos conto!

Não satisfeito com a dose cavalar de açúcar na mesa da Gomes, aproveitei para mandar embrulhar meia dúzia de napoleões – uma coisa de outro mundo: massa folhada com cobertura de chocolate e recheio de creme! Os quais foram, em parte, deglutidos sofregamente enquanto assistia ao jogo do Marítimo com aquele clube da segunda circular. Daí a azia: os dois napoleões foram em excesso.

Nestas coisas de doçarias é preciso moderação. Algo que não se coaduna com o meu feitio. A moderação e as vitórias dos clubes da segunda
http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/tpvU7VBHHnEKFPG0MqgY/mov/1

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/z4lG484PRzeWqnGH9oA6/mov/1

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/ycZ7k2akjTzLUfFPZZLZ/mov/1

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/Uo4IP5rBAogIZRCDGtak/mov/1

Comments

  1. inquieto says:

    Bom dia,

    Consta-me que para além de boas pastelarias em Vila Real, também existem boas farmácias com excelentes medicamentos para a azia.

  2. Carlos Loures says:

    Como se calcula, só sou solidário no exaltar da excelência dos covilhetes da Pastelaria Gomes. E a bola (leia-se bôla)? E, por certo, a azia não se deve a tão excelentes iguarias…

  3. Eu já gostava MUITO de desviar aqueles “centímetros” do IP4 até à Gomes, nas viagens Bragança – Porto. Agora que vejo os efeitos potenciadores das azias na zona da BCI, então aí… sou o fã nº1. Aliás, por mim covilhete à presidência!

  4. Fernando Moreira de Sá says:

    Olha, olha, tantos lambareiros! Costumo dizer que eu é mais bolos mas, pelos vistos, não sou o único…

  5. Carlos Loures says:

    Ó Fernando, quando vivi em Vila Real, os meus tempos livres eram passados na Gomes. Ao meio-dia, traziam-me um pratinho com covilhetes acabados de fazer. No Verão, na esplanada, com os amigos (um deles padre) bebíamos vinho branco que nos traziam num bule, como se fosse chá. Bebíamos por chávenas – oficialmente, estávamos a beber chá. Bons tempos…

    • Ricardo Santos Pinto says:

      Ainda há não muito tempo, na Confeitaria «Arcádia», na Praça da Liberdade, as senhoras finas tomavam todas chá ao lanche. Dentro das chávenas, claro, o vinho branco.

  6. Fernando Moreira de Sá says:

    Que coisa fantástica! Ainda vamos descobrir que afinal o Ricardo estava era a beber vinho branco e nos anda a enganar dizendo que é chazinho, ehehehehe

  7. Carlos Loures says:

    Como dizia o Eduardo Guerra Carneiro, um dos clientes do chá geladinho da Gomes, «Isto anda tudo ligado» (frase que tu citaste) – já viste? – A Sicília, a manta, o chazinho. O Cosmos é um espectáculo!

  8. Adérito Gonçalves says:

    À semelhança das pessoas que efetuaram comentários anteriormente, eu e a minha familia somos clientes assiduos da Pastelaria Gomes, pois apesar de vivermos no Porto, temos raizes em Mirandela e Vila flor e paramos sempre em Vila Real, para nos deliciarmos com os cuvilhetes. No entanto de há uns tempos a esta parte, a qualidade do atendimento, principalmente na esplanada, deixa muito a desejar, pois espera-se imenso tempo para ser atendido. Mas o Insólito aconteceu na passada sexta feira santa, em que após me sentar com a familia numa mesa do interior da Pastelaria e ali tomar o pequeno almoço, ao pedir a fatura deparo-me com uma nova taxa de “Serviço de mesa”, de 5 cêntimos por produto no interior da Pastelaria e 10 cêntimos na esplanda. Apesar de legal, acho esta atitude lamentável por parte da gerência desta Pastelaria e vão perder muitos clientes, só da minha familia serão 9 clientes menos. Enfim, quem tudo quer, tudo perde.
    Adérito Gonçalves

Trackbacks

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar, Jose Freitas. Jose Freitas said: De pastéis e de futebol. http://ow.ly/XCJO […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.