Lagos, Claustro fobias

Conheço o autor mas, como ele não se identifica no blogue, não sou eu que o vou fazer. Digo apenas que é bloguer há vários anos, com actividade repartida por vários poisos, homem de muitos interesses, fotógrafo de profissão. Mora em Lagos, cidade em torno da qual giram grande parte dos seus blogues e da sua obra fotográfica, tendo construído um enorme acervo de imagens da região, dos seus habitantes e acontecimentos. Quanto ao resto, deixo-o apresentar-se a si mesmo:

“Em seis anos reuni seis visitantes habituais, outros tantos curiosos que passam, e um crítico singular e rústico, dos que destilam ódio pelos poros, daqueles que denunciam os pseudo-intelectuais, sabem?! Em suma, um caga-lérias que escreve e, escrevendo, envergonha os utilizadores da língua portuguesa maltratando-a em qualquer plano: semântico, lexical, morfológico. É um tosco, um imbecil incapaz de escrever um parágrafo simples com uma sintaxe aceitável. E se o que escreve fosse, ao menos, interessante… Não é, mas escreve. E eu dou-lhe o estímulo, porque cada um escolhe o seu animal de estimação. Rosna bobi, rosna.”

Verrinoso – mas não só –   local – mas não só –    claustro fóbico – mas não só –   eis o

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.