Poema da Mente

“É possível enganar parte do povo, todo o tempo; é possível enganar parte do tempo; jamais se

enganará todo o povo, todo o tempo.”

Abraham Lincoln

…. é possível enganar o povo até ao ponto quando este decidir deixar de auto-enganar-se.

Rolf Damher

O POEMA DA ‘MENTE’

Há um primeiro-ministro que mente.
Mente de corpo e alma, completamente.
E mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele mente sinceramente.
Mas que mente, sobretudo, impunemente…
Indecentemente… mente.
E mente tão racionalmente,
Que acha que mentindo vida fora,
Nos vai enganar eternamente.

Comments

  1. maria monteiro says:

    de tanta mentira o povo se ira e determinantemente avança para o dia… foi assim em Abril, será também agora

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.