Coitado, vai para a miséria

Rui Pedro Soares sentiu-se forçado a abandonar o lugar onde com tanto sacrifício, e depois de uma esforçada e laboriosa carreira, auferia uns 2,5 milhões de euros por ano.

Curiosamente a notícia é acompanhada deste detalhe:

A comunicação é omissa quanto a eventuais compensações monetárias que possam vir a ser atribuídas ao antigo gestor.

e deve fazer parte do esforço de Granadeiro e Bava para limparem a imagem da PT. Tenho dúvidas é que esse processo de limpeza não seja também de branqueamento do papel do governo em toda a estória.

Ao jovem desempregado não posso deixar de manifestar a minha solidariedade. Agora quem lhe irá dar emprego?

Comments

  1. Luis Moreira says:

    sai com um milhão de compensação…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.