A politóloga

Ao fim de vários anos sem perceber a utilidade dos politólogos, não que tenha algo contra a ciência mas porque tenho muitas dúvidas sobre o carácter científico da chamada “ciência política” (deve ser um trauma por ter frequentado tal cadeira sob a regência de Vital Moreira, admito), eis que se me fez luz, num dia chuvoso e enevoado. Preenchimento de documentação, redacção de requerimentos, traduções, serviços de intérprete, organização de eventos, lá está: polis, cidade, prestação de serviços numa pequena cidade, tem tudo a ver.

Quando voltar a ver um politólogo opinando num qualquer programa paineleirista vou-me rir com muito mais vontade, aí se vou.

Comments

  1. Carla Romualdo says:

    Não vai há muitos anos, à porta dos Serviços de Identificação amontoavam-se os politólogos para preencher os papéis da renovação do BI. Davam muito jeito a quem tinha deixado os óculos em casa.

  2. Os dois primeiros “itms” são “procuradoria ilegal.

  3. Pedro says:

    Agora há muitos politólogos desses. A burocracia exige.

  4. Pisca says:

    Só falta dizer:

    Fazemos casamentos e batizados, esmerado serviço de catering e musica pelos melhores duos electronicos

    Orçamentos grátis

    ps: o trabalho deles é mais bolos e croquetes

  5. maria monteiro says:

    “Só falta dizer… ” é tudo gente muito discreta … está dentro do Organização de Eventos para Instituições

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.