Directas PSD #6: MUDAR

As coisas são o que são. Este debate na RTP entre os candidatos à liderança do PSD serviu para esclarecer muita coisa.

Foi público e notório que Aguiar Branco e Paulo Rangel estão em ruptura, uma palavra grada a Rangel. Uma ruptura que deriva de uma traição e quando as coisas chegam a este ponto, nada mais há para dizer e nada se consegue esconder. Hoje ficou claro que Rangel traiu Aguiar Branco e que este, por sua vez, só não retira todas as conclusões, ou seja, desmascara toda uma direcção nacional cúmplice por óbvios motivos de educação e polimento. Goste-se ou não, Aguiar Branco é feito de outra massa.

O debate serviu, igualmente, para se perceber que Rangel, pela mão de Morais Sarmento e pessimamente aconselhado (mais valia ter mantido os assessores iniciais pois os posteriores mataram-lhe a eleição) nesta historieta das assinaturas deu um tremendo e definitivo tiro no pé. Conseguiu colocar Aguiar Branco no papel de vítima e fez-nos recordar todos os Antónios Preto que se colaram à sua candidatura num cimento exageradamente arenoso. Posso estar enganado mas hoje Paulo Rangel ofereceu uma parte substancial do seu eleitorado a Aguiar Branco.

Esta discussão na RTP deixou claro, se dúvidas houvesse, que Pedro Passos Coelho é o candidato da mudança. Uma transformação profunda e não apenas geracional no PSD e a afirmação de uma verdadeira alternativa ao actual Partido Socialista. Neste momento cinzento (não quero escrever negro para não ser acusado de exagero) da nossa sociedade, com Portugal mergulhado numa crise sem precedentes na minha geração, era fundamental ter no PSD uma verdadeira alternativa e é isso mesmo que Pedro Passos Coelho nos transmite: esperança.

A esperança numa mudança.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Eu tambem acho que Rangel se estatelou, até porque é a continuação de MFL e de Cavaco Silva, como já aqui escrevi, e acho que devem dar o lugar a outros e não continuarem por interposta pessoa. Passos Coelho, não só se andou a preparar nos últimos anos, como é o que apresenta propostas diferentes das que têm minado este país, tanto por parte do PS como do PSD. É de direita? É mais liberal? Estamos numa democracia, se for esse o caminho para salvar o país e tirar da miséria 20% da população…

Trackbacks


  1. […] Debate PSD By VFS Leave a Comentário Categories: cidadania, democracia, estado, liberdade, opinião, política e responsabilidade Tags: aguiar-branco, directas, futuro, interesse nacional, paulo rangel, pedro passos coelho, políticos, portugal, psd, responsabilidade Deve-se ler a análise ao debate entre os candidatos à liderança do PSD de Fernando Moreira de Sá no Aventar. […]


  2. […] Debate PSD (2) By VFS Leave a Comentário Categories: cidadania, democracia, estado, liberdade, opinião, política e responsabilidade Tags: aguiar-branco, directas, futuro, interesse nacional, paulo rangel, pedro passos coelho, políticos, portugal, psd, responsabilidade Deve-se ler a análise ao debate entre os candidatos à liderança do PSD de Fernando Moreira de Sá no Aventar. […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.