O Comboio de Salazar – 2

Comments

  1. Fernando says:

    Nao compreendo – deficiencia minha – porque o titulo de comboio de Salazar e nao “comboio da Linha da Beira-Alta”.. So se o titulo da noticia tem algo a ver com a porradaria de horas que o comboio necessitava para chegar a St. Comba Dao. Efeitos das greves dos ferroviarios que havia no tempo do ditador.


    • Este comboio, a que eu decidi dar o nome “de Salazar” não foi só da Linha da Beira Alta; foi também da Linha de Cascais, deCintura, da Linha do Norte.

      A locomotiva que o rebocou desde Alcântara, e após 1974, esteve preterida pelos ferroviários do Depósito de Tracção do Barreiro alguns anos. Uma espécie de alembramento por parte dessa malta do Sul.

    • xico says:

      Tanto quanto julgo perceber, este comboio refere-se ao do funeral do Salazar, três dias depois da sua morte.
      O que me causa estranheza, e já agora gostaria de ver esclarecido, é que ouvi dizer a técnicos que não era possível pôr um comboio a circular da linha de Cascais para a linha da rede nacional. Isto é, não seria possível ir de Belém para Alcântara Terra. Teria sido mais um dos “milagres” de Salazar?


      • Ainda hoje não é possível pôr um comboio da linha de Cascais a circular no resto da rede.
        Por uma razão: o sistema eléctrico é diferente. A Linha de Cascais foi electrificada em 1926 (era parte de uma empresa privada) à voltagem de 1,5 kV cc; a “rede CP”, se assim lhe quisermos chamar, foi electrificada a partir de 1956 ao abrigo de um novo sistema pan-europeu, surgido como resposta pós-guerra à necessidade de modernizar os caminhos-de-ferro na Europa; este novo sistema, utilizado hoje pelas novas redes de Alta Velocidade, tem uma corrente de 25 kV ac.
        Por isso, os comboios eléctricos da L Cascais são uma espécia de avis rara… pertecem só ali.
        No entanto, um comboio a vapor ou a diesel, como foi o caso deste de Salazar, pode viajar – ainda hoje – sem complicações de maior desde Cascais a Hendaye ou Vila Real de Santo António.
        A locomotiva que rebocou este comboio julgo ter sido a loc. CP 1308, de fabrico americano Whitcomb (http://www.railfaneurope.net/pix/pt/diesel/1300/1311-5.jpg)

  2. Aristides Adão says:

    … um comboio invulgarmente atrasado … 40 anos de atraso!!!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.