Urgência patronal

Antes que isto mude, o ministro do grupo Melo manda fechar já a Maternidade Alfredo da Costa.

Estão com pressa, estão aflitos.

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Onde teria sido este ministro parido ?? em ambulância à beira de IP ?? ou ainda não se usava esta modalidade ?? e o que vai aci9ntecer à maternidade – um hotel de 5 estrelas ?? quem compra ?? angola ??

  2. jorge fliscorno says:

    Bem verdade, infelizmente. Fechar os serviços públicos para que os novos privados tenham “clientes”.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.