O fim anunciado de muitos blogues


O serviço weblog.com.pt vai fechar no dia 22. É mau. Mesmo com a possibilidade de se exportar para outra plataforma perdem-se muitos conteúdos e todas as ligações, vulgo links.

No meu caso a perda será neste caso mínima, mas anda por ali muito conteúdo que nos fará falta a todos. Como sucedeu com o encerramento do Terràvista (que tinha só a esmagadora maioria dos conteúdos portugueses do século passado) escolher uma plataforma de publicação tem que ser bem pensado, sempre garantindo a possibilidade de exportação fácil, e confiando pouco em plataformas nacionais.

Sobre João José Cardoso

Comments

  1. Essa do “confiando pouco em plataformas nacionais” é que me lixa o esquema. E discordo 🙂

    Há plataformas nacionais e plataformas nacionais 🙂

  2. É de facto uma pena. Mas atenção, não confiem em nenhuma plataforma que não controlem completamente, seja esta nacional, ou não.

    Se tem um blog no WordPress, como o Aventar, ou em qualquer outra plataforma, faça backups regularmente. Se utiliza correio electrónico tipo gmail ou hotmail, copie para um computador seu as mensagens. Se utiliza discos na “nuvem” (m*rda para os tipos de marketing que inventam estes nomes tontos), mantenha também cópias locais. E assim vai, não confie em terceiros para guardar os seus dados, especialmente quando os serviços são grátis (se o serviço é grátis, então o utilizador não é o cliente, o cliente é aquele que paga a publicidade, o utilizador, nesse caso, é meramente o produto que é vendido).

    • nightwishpt says:

      +1000.
      ou isso ou comece a visitar todos os links no webarchive para ele ir indexando…

    • Helder Guerreiro, eu sou suspeita, e faço já a minha declaração de interesses para não haver dúvidas nem confusões, trabalho no SAPO, nomeadamente na gestão de serviços de comunidade (os tais gratuitos :).

      Posto isto, a forma como gerimos os nossos projectos e serviços não difere em absolutamente nada da forma como são geridos os serviços pagos. O grau de exigência é o mesmo 🙂

      • Eu acredito nisso, a sério, tenho a certeza que trabalham dessa forma. Mas não deixam de ser uma empresa. Se houver uma mudança de política interna, basta haver dança de cadeiras, se se chegar à conclusão que não vale a pena manter o serviço, então o serviço é cortado.

        É muito mais fácil cortar um serviço que é distribuído de forma grátis, do que um serviço que se for cortado implique quebras de contrato, indemnizações, etc.

        Penso que a tendência actual das pessoas confiarem em empresas para a gestão dos seus dados pessoais é uma coisa perigosa. Espero que no futuro isso mude – tenho pouca esperança. Vejam o Bubba Server, uma ante-visão de como esse futuro poderá parecer.

  3. Quando Deus Google acabar com o Blogger é que serão elas, e Deus, na sua omnipotência, tudo pode, bastará exercer a Sua Vontade (ou que não há Lucro).

Trackbacks

  1. […] Pela indicação que tenho de quem hoje é AEIOU, o Blogometro encerra com tudo o que era weblog.com.pt (por falar outra vez nisso, perdi o raio de uma password ligada a um mail por sua vez perdido, e […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s