Blade Runner – 30 anos

Lágrimas, chuva, um dos filmes da minha vida (reaccionária era a tua avózinha, pá) faz hoje 30 anos. Um dia como qualquer outro para o rever, sempre.

Comments

  1. J.V. says:

    De preferência o director’s cut, que leva a amargura até ao fim.

  2. maria celeste ramos says:

    Eu vi e já nem me lembrava se não me ajudassem a lembrar – já sou velha com o o tempo (e com o tempo) – já não faço anos – duro

Trackbacks


  1. […] desta personagem, lembrei-me, é claro, do José Braga, que me fez ler o Philip K. Dick, e do João José Cardoso. O Blade Runner trouxe-me, ainda, mais um texto da Carla. Obrigado, Roy […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.