Benfica, o meu sonho

Calma! Isto não é sobre futebol! É sobre amor!

Amor!

Sim, ao BENFICA!

Perceberam agora porque é que não se trata de futebol? Esta é a carta que eu gostaria de ter escrito se um dia deixasse a camisola do Sport Lisboa e Benfica!

Entendo Del Piero.

Quem não ama um clube, como Del Piero amou a Juventus, não vai perceber esta carta!

«Acabou. O meu contrato com a Juventus acaba hoje.

Não é novidade, mas saber que é oficial tem os seus efeitos. Não é um momento triste para mim, não guardo arrependimento ou nostalgia. Já não. Nestes dias tive a oportunidade de pensar em tudo o que aconteceu na última época, recuperar memórias e reviver o sonho mais belo que tive.

Todas as memórias, todas as alegrias e triunfos, e até alguns momentos amargos…vejo tudo com clareza, e a dada altura tudo escurece e dissipa-se naquele abraço maravilhoso do meu último jogo em Turim. A imagem tem tudo. A imagem de um momento que quero guardar comigo para sempre, que no dia 13 de Maio foi estampada no meu coração. Indelével.

Há algum tempo, antes de ir de férias, esvaziei o meu cacifo em Vinovo, e ao sair do centro de treinos parei naquele local em que, durante muitos meses, esperaram pelo meu autógrafo, por uma fotografia, ou apenas pelo aperto de mão, fizesse calor, chuva ou neve. Agora é a minha vez de dizer adeus e agradecer, tal como vocês fizeram comigo.

Os jogadores passam, a Juventus fica. Os meus colegas continuam, e desejo-lhes o melhor: estarei sempre a torcer. Vocês, os meus fãs, continuam por aí, e vocês são a Juventus. Fica esta camisola que amei sempre, e que vou continuar a amar. Sempre a quis e sempre a respeitei, sem exceções, sem descontos. Fico feliz que outros a possam vestir, depois de mim. Até mesmo a «10», que desde que existem nomes nas camisolas teve o meu. Fico feliz pelo jogador que a envergar na próxima época. Fico feliz por saber que alguém, em Itália ou noutra parte do mundo, está a sonhar com esta camisola. E ficarei feliz se alguém quiser seguir a minha história, como eu segui a história de outros campeões, outros exemplos, outras lendas.

A partir de amanhã já não sei jogador da Juventus, mas serei sempre um de vós.

Agora é tempo de começar a minha nova aventura. Estou tão entusiasmado quanto estava há dezanove anos.

Adeus, rapazes. Obrigado por tudo.

( o original está no site do Del Piero)

Alessandro.»

Comments

  1. palavrossavrvs says:

    Há sempre um herói exemplar num mar de mercenários. Espero que o FC Porto saiba estar bem mais perto de semear apaixonados como este grande jogador italiano do que o Sport Lisboa e Benfica, porque é com esses que se é campeão again e again.

  2. maria celeste ramos says:

    O amor simplesmente ama – o quê ou quem ?? que interessa isso ?? eu percebo isso

  3. Konigvs says:

    O amor aos clubes está em vias de extinção se é que não se extinguiu mesmo.
    Amar um clube é hoje, dizer-se que se está na cadeira de sonho do clube de que somos desde pequeninos, e três dias depois vender-se para ir para a cadeira dos cifrões, ou sendo mais correto, na cadeira das estrelinas de um outro clube qualquer.

    Também acho graça quando se diz que o Homem muda de partido, de mulher, de tudo, mas não muda de clube. Isso só é permitido curiosamente aos homens do futebol!!!
    Sá Pinto nascido guna e portista é agora o exemplo máximo de “Coração de Leão”. Nuno Ribeiro, que no mundo do futebol é conhecido por Gomes e não por Águas é o exemplo máximo de benfiquismo. O futebol é mesmo uma coisa irracional.


  4. A malta vem aqui dar uma de apaixonado e aproveitas logo para me lembrar coisas tristes… again and again. O Sport Lisboa e Benfica é a minha cadeira de sonho! Nem que fosse no banco ou a roupeiro, mas como quase tudo na vida, o trabalho tem um preço, o amor não! Entre ganhar 50 mil euros por mês no SLB e 100 mil no Dínamo da BCI, o Benfica seria SEMPRE a primeira escolha, mas isso é o “Del Piero” que ama o Benfica. Claro que o Del Piero é uma excepção e eu posso mandar umas bocas porque nunca me colocaram na situação do Sá Pinto ou do Nuno Gomes, infelizmente 🙂 ehheh
    JP

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.