5 comentários em “Moro No Porto”

      1. E eu a pensar que era graças aos seus motoristas. Pois se não há comboios é porque há greves de motoristas, então é porque só os há se os motoristas não “grevarem”. E o deus… fica no Olimpo, que não tem carta de motorista!

  1. Como não tenho o hábito de ser da “situação” (e até já mudei um pouquinho e nem acredito que seja para melhor pois ninguém muda mas apenas refina) direi que estou farta de greves – já é o maior desrespeito por todos em geral e muitos em especial – há direitos que perdem o direito de ser só prque sim, e este é um deles – quantas pessoas sofrerão e ficarão com a sua vida PARADA e ADIADA e se calhar pior do que isso – o egoísmo nacional implantou-se Sei que este governo´é o mais desgraçado do mundo, é mesmo miserável, o mais incapaz e ignorante e maldoso e outros adjectivos que não uso agora só porque é NATAL – e que merecem muitos a prisão efectiva e a lavar latrinas das cadeia e ficarem lá pelo menos “um mandato”
    Mas este tipo de greve em que tantos que não sei quantos sofrerão tanto e mesmo assim aceitam e compreendem e fazem um sorriso quando os jornalistas da TV os interpelam, é demais – é mesmo humilhação – sindicais de merda e grevistas de merda -ganham pouco ou é por causa do contrato de trabalho ? mas para que servem essas instituições de merda chamadas sindicatos que já nem servem para nada mas que mandam nos outros e atiçam-nos como cães raivosos e no fim tudo fica na mesma ou pior e eles nada perdem ?? se calhar estou mais xenófoba do que nunca mas já tenho idade para ser o que me apetecer sem ter de dar justificações a ninguém, nem a mim mesma – Estes governantes são tão ordinários como nunca vi na minha já longa vida que até se vão rir e cada vez ameaçar mais -nem ameaçam – fazem – são os “abramovitch” em acção – são todos “relvas” em acção – e quando se reformarem vão viver ainda melhor com reformas milionárias e de acumulações e irão para paris ou para algures na Bélgica – são de facto originários dos mais merdosos bairros de lata de massamá que depois farão palácios no algarve – são retornados raivosos que em vez de aprender a fazer algo de geito (mas nunca souberam nem passado têm mas apenas tempo de enchet barriga de raiva e ignorância) só sabem sacrificar todos (menos é claro os topos de gama) – são padrecas juizes e carrascos que destroem e humilham e espoliam tudo até os feriados e não têm o menor respeito pela condição humana – este país está cheio de gente que se alimenta de “casas de alterne” (ou foram lá concebidos) – fazem-me lembrar outros tempos tão bem retratados na série de TV Ballet Rouge, relaizado por Moita Flores há uns anos – quem elegeu esta gentalha ?? só gentalha igual – há gentalha em excesso – a corda estica demais

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.