8 comentários em “Comboios de Novo Parados no dia 1”

  1. RTP1-29 dez-Morreu Paulo Rocha – desde o seu primeiro filme em 1973 Os Verdes Anos + Carlos Paredes pioneiros de grande mudança – 50 anos da fundação do novo cinema português – assistente de Jean Renoir e Manoel d’Oliveira – são 77 anos de vida que não se apagam porque estas homens deixam pedras culturais onde assentarão muitos que se seguem – Portugal dos grandes homens e ontem vi uma magnífica reportagem sobre Luis Vas e o idiota de Hermano Saraiva a falar na Ilha doa Amores como a maior pornografia – porno são estes governos desde 1986 – ao que se tem resistido – Estão a falar no Martim Moniz de hoje que é uma maravilha – pois é só agora já que fiz para lá projecto em 1980 bem apreciado pelo super arquitecto do Porto Távora (de 63 foram 3 seleccionados entre eles o meu mas foi construído o de F Galambba aquela porcaria agora alterado) – leva-se muito tempo demasiado tempo a perceber o que tem qualidade – a cultura escolar é mediocre que dá alunos vulgares, médicos e juízes vulgares – governantes vulgares que vão delapidando o nosso mundo invulgar – que vão vendendo o que foi feito e engrandecido por outros do tempo cultural em que nasci – agora há rotundas e pães de açúcar- a crise é culturam e ética – mas espantou-me BRAGA capital da cultura europeia – ainda resiste a essência da qualidade de Portugal – ainda n~
    ao mataram a semente – está no genoma do país e dos que não fogem e resistem e têm sentido colectivo

  2. não faz mal aqui no deserto andam desertos
    ninguém compra passe desde…fica mais barato pagar a multa

    em dia de greve vai mais gente no comboio….espera-se é mais tempo mas é mais fácil fugir AO pica…

    são só 3 carruages e o pessoal não vai pra longe

    tá tudo a fechar de qualquer modo

    e o pessoal que trabalha não trabalha todos os dias

    é ir de boleia fica mais barato
    ou ficar à espera do subsídio…dia 1 não vou não…
    já combinei com patrão o despedimento colectivo…

  3. Vivam os ferroviários
    Vivam os comboios
    Vivam os sindicatos
    Que mil greves floresçam até o Pedro e a Laura voltarem para Massama no comboio da linha Sintra.

  4. Ahhh José, lês as coisas e nem sequer questionas (mas no fundo no fundo, já é normal, né?)
    1. http://www.ces.pt/download/1272/Proc%20N%BA%2073_2012_SM_DECISAO.pdf (o acórdão sobre os inexistentes serviços mínimos que o tribunal nunca decretou mas a cp tem andado a dizer que existiriam)
    2. Se um dos sindicatos desconvocou a greve é normal a cp passar a dizer que afinal não há serviços mínimos? Então não devia ser ao contrário?
    3. No dia que privatizarem isto tudo, vai ser como Inglaterra… Basta leres um pouco sobre o assunto para perceberes como o sistema ferroviário inglês está no mísero estado que está, e tudo graças à maravilhosa privatização que foi feita sempre na idiota ideia de que os privados é que são bonzinhos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.