Parem de inventar!

O FMI sugeriu mais uma medida de destruição do País: subir o IVA da Cultura para 23%, por uma questão de equidade. Mas a que igualdade se referem?
A Cultura tem um orçamento ridículo, equivalente a 0,1% do OE.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.