Portas compareceu à posse dos novos secretários de Estado

O requinte da deferência do Dr. Portas. O meu obrigado e votos de célere demissão.

Comments


  1. E chega a demissão desse canalha e da restante comitiva governativa?

    Não podemos esquecer que o PSD tem muitas caras, e que o amparo destas políticas, o rei da abstenção está aí e que tem segurado e muito bem este governo pode ir de novo ocupar cargos, que no governo têm lá estado indirectamente.

    E o problema é que as pessoas não querem saber de nada disto, e vão continuar a votar nos mesmos.

    • Carlos Fonseca says:

      Caro Pedro Marques, desde que a demissão dele se traduzisse na queda da coligação,
      É verdade que a maioria dos portugueses, por masoquismo político e social, percorrem sempre os mesmo caminhos eleitorais. Poderá suceder que, de tanto sofrerem, despertem para outras escolhas.


      • Isso é que é fé no povo. Isso é impossível, o anti-comunismo, anti-sindicalismo, o anti-partidarismo, e o costume de se votar sempre nos mesmos impede que haja uma viragem à esquerda. E o PS nunca será de esquerda, nunca foi, e as pessoas não querem ver isso. Portanto, é difícil chegarmos a algum lado, ainda para mais não existe união do povo, nem tão pouco uma forte adesão constante na luta.

        E fazia-nos felizes aos dois se ele se demitisse, e se as pessoas estivessem mais informadas, mais cultas, e deixassem de ser anti-tudo o que eu mencionei acima. Já não há pachorra para tanta estupidez, tanta casmurrice e tanta vontade para se enfiar a cabeça na areia, e fingir que nada se passa, ou simplesmente não se querer saber.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.