O mais completo aldrabão de que há memória em Portugal

Hoje estive na Universidade Nova a tentar explicar aos alunos de direito o que é o serviço público de media, para que serve e em que se distingue dos serviços estritamente comerciais. O direito de antena fora dos períodos eleitorais é obrigação do serviço público e só por isso esta peça informativa montada pelo principal partido da oposição, mas que poderia ter sido feita, com os devidos ajustes quanto ao prisma partidário, por qualquer órgão de informação independente, foi concerteza exibida pela RTP.

Caso não houvesse o direito de antena, o milhão de portugueses que a viu em directo permaneceria, acossado sob o jugo da propaganda do governo e da inércia da comunicação social, com a temerosa ideia de que a catástrofe que tombou sobre o país foi herdada e não criada por um governo corrupto e incompetente.

Agora, tendo a RTP feito serviço público mesmo sem o querer fazer, também por aqui se distinguindo (cada vez menos, e por força do mesmo governo) dos operadores privados, os portugueses ficam com uma ideia precisa sobre a preparação, o carácter, a integridade, o sentido de Estado, o respeito pelo povo que o elegeu, convencido pelas mais rematadas aldrabices, fraudes, logros, mentiras, imposturas, patranhas, tretas, embustes e endróminos, do primeiro-ministro e dos seus cúmplices.

O mais completo aldrabão de que há memória em Portugal. Vejam, indignem-se, divulguem e vão pensando se os 40 anos do 25 de Abril não merecem outra revolução. Para começar, um chuto bem assestado no cú destes gajos nas próximas eleições.

Comments

  1. Escatota Biribó says:

    O que me lixa neste video, é a propaganda final do PS, até aparecer o PS estava tudo a correr muito bem e de forma muito coerente.

    Nisto aparece o PS com umas fotos e uns cartazes a dizer “mudança” em vez de alternância, “futuro” etc. e parte a louça toda, até mesmo a vontade de reencaminhar o video aos amigos, familiares, conhecidos, desconhecidos, fracos de memória, adormecidos, enganados, desinteressados, iluminados, visionários, sábios, académicos, leigos, todos os que possam ter ficado esquecidos, e até mesmo inimigos para quem os tiver.

    e o video que até é bastante relevante, da minha parte acaba por morrer em casa…

  2. Bento 2014 says:

    Todo o mérito para o visado. Não desperdiçou os ensinamentos dos que o antecederam.

  3. José Peralta says:

    Um chuto bem assestado no cú destes canalhas, é pouco !

    Dever-se-ia sentá-los no banco dos réus !

    Era o que esse crápula mentiroso compulsivo, na campanha eleitoral preconizava para o sócrates…

    “Curiosamente”…nunca mais “preconizou” !!!!!!!

    • Bento 2014 says:

      E vão dois.

      • José Peralta says:

        Um zero (à direita !) em Estatística, este Bento…

        Não vive “cá” e mora longe, na Estratosfera talvez !

        Portanto aos “dois” pontapés no cú, da “Estatística” do Bento, acrescentem-se muiiiiiitos zeros (à direita, pois claro !)

        Mas “duas” coisas o Bento não fez :

        Não negou que o coelho é um crápula mentiroso !

        E não disse que o “mentiroso”… era eu !

        • Bento 2014 says:

          Cu tem a sua prima na peida. Atenção que eu sei mandar umas car@lhadas ae for preciso. Afine a linguagem e não faça deste respeitável blogue o seu chiqueiro.

          • José Peralta says:

            Queres comparar a verborreia de esgoto que utilizas, com o respeitável blogue que, DEMOCRÁTICAMENTE, te dá guarida ?

            Sabes mandar umas caralhadas, e saltas da esterqueira do blasfémias, onde te amancebas com cunhas censores, para fazeres deste respeitável blogue, o teu chiqueiro ?

            Oh bento, vai fazer chiqueiro pró caral…pró blasfémias !

            E leva a tua fina linguagem de eguariço !

        • Bento 2014 says:

          Com o Peralta não me sujo mais.

          • José Peralta says:

            O que te “suja”, é o esgoto fétido que tens no teclado !

            Relê o que escreveste, as caralhadas (com @ para “amenizar” !!!!!) com que ME “ameaças”, ( pobre diabo !) e me fizeram “tremer como varas verdes”, como constataste na minha resposta !

            Se não paras de escrever a merda que escreves, ainda te afogas nela…

            E vai amancebar-te com os cunhas censores, no “blogue respeitável” que é o caixote do lixo do blasfémias !

            Porque só não és censurado aqui, porque o Aventar, é um blogue respeitável e DEMOCRÁTICO…mas sem aspas !

  4. Fernanda says:

    Só consegui ver os primeiros segundos do vídeo, não sei se por já ter esgotado toda a paciência, se por o vídeo não apelar a que se veja muito mais.Contra toda a mentira, hipocrisia e baixeza talvez fosse melhor 1 resposta diferente.

    E depois, há aquela sensação de total falta de confiança neste PS de Seguro. Um Seguro inseguro, de zigue zague, de oposição violenta, de diferenças insanáveis (irrevogáveis?), de oposição feita em encontros de militantes, de estados de alma, sem concretizar nada, de falta de coragem, de acautelar uma possível chegada ao poder, esta coisa de não se prometer nada porque depois não se sabe….

    E fica-se com esta sensação de vazio, de resposta vazia.

    Um cheiro de Hollande que consegue magoar mais do que este cheiro pestilento do governo, jornais, televisões, tudólogos, comentadores, sábios, politólogos que pupulam por todo o lado.

  5. Fernanda says:

    Ontem, afirmava Silva Lopes num canal de TV que os mais jovens eram obrigados a pagar as reformas aos mais velhos.Isto dito por um velho tem um peso maior. No meio, afirmava que não percebia muito bem do assunto. Continuava, dizendo que o sistema não é sustentável. Mas continuou afirmando que também não percebia muito do assunto. Que tem de haver mais cortes porque, caso contrário, não haverá reformas para ninguém. E avançou com um sistema misto de pagamento de pensões. Mas que também não percebia muito bem do assunto.

    Como não terá ainda percebido que ele próprio também contribuiu para a reforma dos mais velhos e que um sistema de reformas é solidário, ou terá de ser.

    No final, apetece perguntar: se o senhor não entende e não percebe muito destes assuntos, porque é que insiste e porque é que aceita falar do assunto em público? Mas não. No final, agradece-se o ter vindo dar a sua opinião.

    Passados alguns minutos, no mesmo canal televisivo, aparece um Bagão Félix deitando por terra esta insolvência do sistema de pensões e disponibilizando-se a participar num debate sério sobre o assunto.

    Cá aguardaremos.

    PS: Silva Lopes tem participado muito em encontros do PS. Não se sabe o que lá diz. Não sei se continua a lançar argumentos sobre uma realidade sobre a qual

  6. Fernanda says:

    A troca de consensos entre Teresa Coielho e João Soares na sic not toca no fundo da alma de qualquer um- a senhora é de esquerda; não, o senhor tem toda a razão; eu gosto muito de si; ai eu também o tenho em muito boa consideração; gosto muito de falar consigo lá no fundo da assembleia; eu também…

    Dois patuscos na saga do consenso tosco em horário nobre televisivo. Tivessem instituído o sistema de likes, e aquilo era só dedinhos para cima.

  7. Mário Reis says:

    Uma das piores armadilhas que o arco do poder, leia-se da corrupção(!) forjou através da ideologia do dinheiro e dos mídia (controlados pelas elites financeiras) é o mito e a noção enraizada de que o caminho para sair de qualquer dificuldade é continuar a andar pelo mesmo caminho. O PS é tão ou mais responsável que o PSD/CDS pela desgraça, miséria e encurralamento do país e dos portugueses aos ditames de Berlim, via Bruxelas. Percebe-se a espargata…

  8. Jorge Carmona says:

    Tudo muito bonito. Expressam-se todos muito bem. Quero ver é nas eleições como é que se vão “expressar”.

  9. niko says:

    ainda se lembram de que o P C P e o bloco se uniram há estrema direita para pedirem a troika ?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.