O anedótico e incompetente jihadista Machete

Machete

(hum… acho que fiz merda. Again…)

É possível que não exista outra forma de abordar o complexo Rui Machete que não seja através do humor. Após mais um episódio verdadeiramente patético protagonizado pela estrela do clássico “Perdoa-nos Angola, O Ministério Público não sabe o que faz”, o Inimigo Público atribuiu-lhe o título de Jihadista Honorário e rebaptizou-o de Al BPN (para quem Alá tem 70 reformas milionárias reservadas no Paraíso), um nome que lhe assenta que nem uma luva, apesar do gabinete de Passos Coelho não ter entendido que assentasse tão bem no seu CV. Detalhes.

Quem não se sentiu incomodado com as declarações de Machete foi o primeiro-aldrabão. A única coisa que ainda o parece incomodar, para além do inevitável Tribunal Constitucional, são os comentadores e jornalistas, gente “preguiçosa” e “orgulhosa” que escreve coisas “patéticas. Passos fez questão de deixar claro não ter qualquer tipo problema com as declarações de Machete, algo que se percebe se considerarmos a imensidão populacional que compõe o Estado Islâmico onde devem viver uns largos milhares de jovens portuguesas. Para além de que, caso o topo da hierarquia do EI descobrisse a intenção destas jihadistas arrependidas em desertar, iam fazer-lhes o quê? Cortar-lhes a cabeça?

Tudo isto seria muito engraçado não andassem estas bestas do califado a cortar cabeças para “dar o exemplo”. E convenhamos que não devem andar por lá assim tantas jovens mulheres portuguesas. Significa isto que este ministro lunático e servil com rabo entalado no BPN colocou, com as suas declarações idiotas, a vida de jovens portuguesas em cheque. Sim, eu sei: elas foram para o meio das bestas fundamentalistas por livre e espontânea vontade. São, também elas, umas grandes bestas e umas grandes anormais. Mas isso não justifica que as suas vidas sejam colocadas em risco porque o Ministro dos Negócios Estrangeiros é um incompetente caduco sem filtro na língua. Cada vez mais me convenço que a incompetência é factor preferencial para se pertencer a este governo. Quanto mais inútil e problemático melhor.

Comments

  1. joao lopes says:

    eu acho que o rui machete se devia passar a chamar rui “manchete”.por exemplo,o CM ganha bastante dinheiro com as “manchetes” do machete.alias o CM ganha com as manchetes do passos,portas,socrates(obvio) ,e mais os assassinios e droga que eles por lá metem.e as moças da “vida”,e o goucha,etc,etc,etc…

  2. Fernando Torres says:

    ICS acusado de censura por suspender revista devido a reportagem sobre grafittis
    Ler aqui:
    http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=740823

    Medo! Muito medo!

    • Alexandre Carvalho da Silveira says:

      Há muito que sabemos que para a esquerda mais estupida do mundo qualquer cagalhão é uma obra de arte. O “trabalho” do Campos, não passa de uma latrina. O gajo que vá publicar aquela merda no blog da avózinha.
      Perguntem lá aos indignados que estão de saída, quantos trabalhos censuraram e se recusaram a publicar enquanto exerciam o controle ideológico da publicação em causa.

      • José Peralta says:

        Este representante da direita mais estúpida e corrupta do Mundo, o alexandre, frequentador da cumúa blasfémica onde pontifica o reles censor vítor cunha, (que só publica os àmens de gente como o alexandre) o carlos abreu amorim, o oportunista sem vergonha, vendido e engraxate do desgoverno, a d. helena matos, o josé manuel fernandes e outros avençados destes canalhas, vem argumentar com a censura, de que o lixo direitista de que gosta, é virginal, na sua “douta” opinião !

        Quanto a “obras de arte”, gabo o gosto escultórico do alexandre !

        Apoiar um monumental cagalhão e chamar-lhe “GOVERNO”…diz bem do “conceito artístico” de certa…gentinha !


  3. De Rui Machete é impossível dizermos que é mau político ou governante. Não é! Porque não faz política nem governa. Rui Machete é incompetente, uma nulidade…


  4. Machete anda desiludido com a pasta.
    Depois de muitos anos na sombra, com um belo tachito o velhote queria sair de cena com mais protagonismo. Teve azar: vagou o “bunker” de Portas no governo – o lugar que o Paulinho escolheu no início da legislatura para passar despercebido, enquanto gaspar e passos faziam furos no casco do navio.
    Desde que entrou para o MNE, Machete tem demonstrado ser uma criança birrenta (ou será antes um idoso desfrontalizado?). Faz tudo para chamar à atenção – “Olhem para mim, estou aqui, e sei coisas bué-da-interessantes”.. Ou então o seu lobo frontal perdeu de vez a capacidade de inibir os seus impulsos…

    É só mais um membro deste concentrado de incompetentes.
    Paula, a ministra pimba…
    Crato, o addicted Flyer…
    Machete, o lobectomizado…

    Enfim.

  5. Alexandre Carvalho da Silveira says:

    Agora defendem terroristas? da-se!

Trackbacks


  1. […] como alguns dinossauros afectos ao líder cessante, como Bragança Fernandes ou Rui Machete, que é aquele senhor que nos envergonhou uma série de vezes nos últimos anos. Será um embate jurássico, onde o único cenário descartado à partida é o da renovação. As […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.