Agora é a minha vez…

1424182789-rui-machete-receives-vicepresident-of-the-european-commission-federi_6919897

Ainda não é desta que me irei pronunciar sobra a Grécia. Como dizemos em África, há que deixar correr o marfim… Mas indignou-me o noticiário das 14h na SIC-N. Federica Mogherini visitou Portugal, foi recebida por Rui Machete, a estação televisiva avançou para o Palácio das Necessidades, aturei quase 5 minutos do discurso do ministro e quando me preparava para ouvir a voz da senhora, qual Varoufakis qual quê, esta senhora deve ser o político europeu mais interessante nos dias que correm, que me perdoem os amigos aqui do blog, as senhoras até compreendo, mas de facto queria ouvir a voz da responsável europeia da política externa. Ainda por cima italiana. Depois admiram-se que os cidadãos estejam cada vez mais afastados das instituições europeias. A culpa é da comunicação social. Quando um político tem algo a dizer, um cidadão interessado como eu se predispõe a ouvir, o máximo que oferecem é um canastrão, sem que consiga recordar uma palavra ou sequer o assunto da conferência. Salvou-se a foto, ou pelo menos metade. Neste caso, prefiro a esquerda à direita…

Comments

  1. martinhopm says:

    Não ouvi. Mas sempre digo que, independentemente da verborreia, também prefiro a esquerda e, se possível, na praia…

  2. j. manuel cordeiro says:

    A questão, António, é que a “europa” até pode ter uma responsável europeia da política externa. Como tem outros cargos como o Presidente do Conselho Europeu, a Presidência do Conselho da União Europeia ou o Presidente do Parlamento Europeu. Mas estes chapéus emblemáticos não passam disso, de emblemas. Quem manda de facto são os alemães às vezes os franceses e os ingleses. A “europa” tornou-se numa miragem e agora caminha a passos largos para se tornar num problema. Mas claro que isso não invalida que se queira ouvir uma bela voz italiana 🙂

  3. Nightwish says:

    Nisto concordamos. A Europa sempre foi isto, algumas pessoas só percebem agora, vamos a ver se a tempo de a melhorar.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.