As propostas de António Costa

-São cada uma melhor que a anterior. Enquanto existir dinheiro é gastar à tripa forra. No final, quando o incumprimento estiver iminente, quem vier atrás que feche a porta, os socialistas passam à oposição vociferando contra o governo, U.E. e todos os que apresentarem a factura do costumeiro desvario socialista…

Comments

  1. MachadoQueCorta says:

    O meu amigo é que parece desvairado com o “socilaismo” que aí vem. Acalme-se, respire fundo.


  2. Chamar “socialista” a este PS parece-me manifestamente exagerado. São tão socialistas quanto a malta do PSD é social-democrata. E sim, quem espera dos senhores que se seguem mais ou melhor do que aquilo que os boys de Passos ou do preso 44 fizeram que se desengane. Aliás, quem conseguir distinguir uma governação socialista de uma social-democrata que levante a mão!

  3. Nightwish says:

    Pois sim senhora, enquanto quem apoia duplica a dívida em 4 anos, mas disso não fala.


    • Não apoio ninguém. Já me leu o bastante para saber que não apoio o actual governo, como pretende deixar implícito. O facto deste governo ser medíocre não valoriza nem eleva a qualidade de António Costa. E convém ter atenção ao PS, para que não se repitam os anos de Sócrates e voltemos ao colapso da economia.

      • Nightwish says:

        Se conhecer algum governo de direita diferente, avise.
        Quanto ao Costa, não tenho confiança nenhuma, mas tenho a certeza que o colapso da economia nada tem a ver com o prisioneiro 44.


        • Nada mesmo? Quem praticou a fuga em frente gastando o que não tinha? Mesmo que as dívidas sejam para gerir, palavras dele, o céu é o limite? Pode-se contrair dívida indefenidamente? aumentar déficit sem problemas e engordar o Estado? Se concorda com esse modelo de crescimento e desenvolvimento económico, estamos conversados…

          P.S. – E não venha com BPN, BPP ou BES. Isso são casos de polícia, se tivessemos uma Justiça a sério já estavam presos (falam dos EUA, mas vejam quanto tempo demorou a colocar Maddoff no seu lugar…). Mas ainda que somasse os 3 casos, quanto faltaria para chegar ao montante que Portugal pediu? É um facto que o país estava a dias de entrar em default. E não venha com a desvalorização da moeda, que foi feito várias vezes no passado, sem que tivesse impedido 2 pedidos de ajuda ao FMI.
          Esta choldra não tem emenda. O PS e também o PSD, têm o Estado minado de clientela. Nem sei se um terramoto seria suficiente para rectificar práticas de décadas. E aqui sei do que falo, porque conheço muitos casos, o Estado é um grande empregador, emprega quem precisa e dá emprego a quem os partidos querem. Em diferentes níveis da administração… Não é sustentável.

          • Nightwish says:

            ” Mesmo que as dívidas sejam para gerir, palavras dele, o céu é o limite? Pode-se contrair dívida indefenidamente?”

            Sim, não é isso que fazem e sempre fizeram os estados? Com alguns limites, evidentemente. É assim a macroeconomia. Menos na zona Euro.

            ” Se concorda com esse modelo de crescimento e desenvolvimento económico, estamos conversados…”
            É muito melhor do que o modelo económico do que os governantes fazerem contractos com os amigos a custarem mais ao estado e a renderem metade aos trabalhadores, e, regra geral, com a outra metade a não voltar à economia… portuguesa. A Suíça agradece.

            “E não venha com BPN, BPP ou BES.”
            Pois são casos de polícia, incluindo a maneira como foram resgatados, principalmente o BES, à margem no mínimo da lei passada pelo mesmo governo poucos meses antes.

            “Mas ainda que somasse os 3 casos, quanto faltaria para chegar ao montante que Portugal pediu? ”
            Por prestar serviços sociais não veio a crise de certeza. E a inflação faz sempre parte do pacote de respostas a uma crise desta natureza, só não percebe quem não quer perceber nada de economia.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.