Carta Aberta a Francisco Assis

12190857_10201123673049830_3228731024177936480_n

«Caro Francisco Assis,

Como sabes o distrito da Guarda foi o único distrito onde o António José Seguro venceu.
Eu, como tantos companheiros, lutámos pela vitória de António José Seguro e atingimos os objetivos a que nos propusemos, mas foi um resultado muito curto e António Costa venceu e, sobretudo, venceu a Democracia. A partir desse momento e perante os resultados inquestionáveis o nosso líder passou a ser António Costa.
Tu foste sempre apoiante de António Costa e, como tal, nunca lhe regateaste elogios quer sobre as suas qualidades quer sobre a experiência política que tanto lhe reconhecias. Durante a campanha eleitoral para estas legislativas, tu próprio te insurgias contra o desgoverno que a coligação da direita trouxe ao nosso país, ou seja: mais pobreza, mais desemprego, mais emigração, mais desigualdade e mais dívida, sem resolver qualquer problema da nossa Pátria. Por conseguinte, participaste na campanha eleitoral, apoiando o secretário-geral, sem reservas e de forma incondicional, mas certamente distraído não registaste o facto do António Costa ter afirmado, com algum estrondo e significativo impacto, durante a campanha eleitoral, que não viabilizaria o orçamento da coligação.
Pois tens andado seriamente esquecido e deve ser ter sido do queijo da Serra que comeste aqui no distrito durante a campanha eleitoral, quando o distrito, em má hora te elegeu, como seu representante na Assembleia da República. E o que fizeste tu como agradecimento às boas gentes do distrito da Guarda que contavam com a tua voz na Casa da Democracia? NADA! Além de nunca te teres referido às gentes, e aos seus problemas, que representavas no Parlamento. Com o teu silêncio revelaste uma enorme ingratidão para com o distrito que, por todas as razões, deverias acarinhar, uma vez que nunca chegaste a agradecer sequer aos eleitores que contribuíram para a tua eleição.
Caro Assis se não concordas com o rumo que está a ser seguido pela direção do partido, apesar do infeliz momento que escolheste para o afirmar, é um direito que te assiste. Apesar de tudo não me parece que após reiterado silêncio possas colocar em causa a legitima liderança, (que apoiaste até à pouco tempo) por isso deverias repensar melhor a tua estratégia de “assalto” ao poder em vez de andares a minar o partido tentando provar que há um mal-estar interno no PS e uma corrente crítica que se apresenta como alternativa.
Num momento politicamente sensível que vivemos eu, como a esmagadora maioria da massa militante e simpatizante do partido, reprova veementemente a tua “golpada” e dos companheiros que tentas arrastar contigo.
Se não consegues ter tento na língua, nem aguardar melhor oportunidade, deverias repensar a tua posição ideológica no partido e, com os teus seguidores, engrossar a coligação da direita, mantendo-te lá por muitos anos à procura da maioria …

[João Viveiro, Membro da Assembleia Municipal de Seia]

Comments

  1. JgMenos says:

    Golpada? Pois senão é outra coisa o que está em curso!
    Mas mais que tudo, comove-me esta crença no querido líder, seja ele qual fôr. Então ele disse que não aprovava o orçamento…vai daí logo se percebeu que ia fazer uma coligação à esquerda!
    Há gente inteligentíssima!

    • André says:

      Bastava estar atento e ouvir o António Costa a afirmar que não colocava de lado um entendimento à esquerda, já que com a direita nem pensar.
      portanto o seu seu comentário foi um desperdício de espaço e de ironia de pacotilha.

  2. rumalete says:

    Que se ade dizer deste homem?E um parasita, nao sabe o que diz, nao diz o que sabe.,E um palhaço, que tenta demonstra que e alguém, Ele se esquece, se continuar haver eleições directas, o que enfrentar Costa e derrubado, Costa e melhor do que ele em tudo, O partido socialista neste momento nao e dos militantes, mas sim de todos os SOCIALISTAS

  3. omaudafita says:

    Em relação ao Assis só há uma coisa que não entendo: o porquê de ser um fraco socialista quando poderia dar um excelente social democrata…

    • Vítor Cruz says:

      Para ser social democrata terá que continuar no P.S., porque no PSD já são raros os sociais democratas. O que Assis demonstra é que está cada vez mais próximo do neoliberalismo que tem governado a ocidente nas últimas décadas, e aí estaria melhor na coligação…


    • Social Democrata só de nome?Ou querias dizer Neo- Liberal?Porque o Partido d
      o Coelho nunca foi Social Democrata.


  4. Esmagador.

  5. anonimo says:

    “… não me parece que após reiterado silêncio possas colocar em causa a legitima liderança …”
    Este recado para Assis foi copy/paste de algum recado mais antigo dirigido a Costa? É anedótico dizer isto a Assis quando o líder é Costa. A não ser que o texto seja sarcástico.

  6. joão lopes says:

    carta aberta ao Assis(e apoiantes dos pafiosos):não,não queremos o Paf(ou seja,portas e coelho,ate porque o PSD pode eleger outra direção,se quiser).sim ,queremos entendimentos á esquerda(explica lá,ó Assis ,qual o problema,de o BE/PCP serem soluções de governo?)…por outro lado,Portugal é de todos,não é só das “tias” das av.novas que votaram no Paf…

    • Ironia says:

      João lopes, pensei que estávamos esclarecidos quanto às “tias” das av.novas e às idas à Gulbenkien!!!
      Há tiques difíceis de disfarçar.

  7. Santiago says:

    A atitude em relação ao eleitorado egitaniense não me espanta, uma vez que, no domínio privado, este senhor faz o mesmo em relação ao seu enteado…bem sei, é ad hominem…mas a negligência e a falta de seriedade são as mesmas, já para não falar no que ele escrevia há uns meses em relação a um acordo com esta mesma esquerda

  8. Miguel Sá says:

    …e que tal Ganharem as eleições nas urnas??? Que Grande Golpada Extremista!!!

    • Santiago says:

      Vou assumir que tenha exigido o mesmo quando o PSD e o CDS se coligaram em 2011…

      • vitor says:

        Caro Santiago o PSD em 2011 ganhou as eleições e por isso legitimamente pode fazer a coligação com o CDS ou com quem quisesse e aceitasse claro está, no caso do PS agora em 2015 não foi isso que aconteceu, o PS perdeu as eleições, logo não tem legitimidade para fazer a coligação à posterior.
        devo dizer que eu até votei PS, aliás sempre que votei votei PS, mas contra factos não há argumentos.

  9. Jaquim says:

    D. Francisco Assis vai aparecer numa manhã de nevoeiro para salvar a Pátria do governo de esquerda!
    http://esbulhador.com/pais/item/469-direita-a-espera-que-d-assis-apareca-numa-noite-de-nevoeiro-para-salvar-a-patria

  10. Miguel Sá says:

    Os PORTUGUESES íntegros deveriam exigir eleições JÁ!!!!!!!


    • Houve eleições há 1 mês e a maioria dos portugueses votou nos 3 partidos da esquerda que agora fizeram um acordo de negociação


    • Uma explicação por favor: qual é o código postal desses PORTUGUESES integros?


    • Penso que SIM, pois as eleições foram uma palhaçada, pelo menos com a situação dos Emigrantes, até parecia que o Governo estava com medo que pudessem surgir mais votos para o P.S.. Além de que vergonhosamente o POVO mostrou que não está para votar em Partidos cujos representantes não têm valor para ocuparem o lugar de 1º Ministro, o que ficou bem patente quanto aos resultados… ” FOI A ABSTENÇÃO QUE TEVE A MAIORIA ” coloquem estas palavras nas vossas cabeças! depois já era tempo de uma LEI- que obrigasse todos a votarem! Não… não é Ditadura, é que andam uns a trabalhar para os outros estarem nas esplanadas e o pior é que a maioria dos que não votam, vivem à conta dos Serviços Sociais, com creches, roupas, alimentação e um subsídio mensal superior ao que muitos Portugueses que trabalham e têm filhos recebem mensalmente, e ainda lhes levam a casa o cão , etc. etc., Quando é para fazerem Leis para retirarem, feriados com séculos, ou qualquer regalia que o Povo conquistou, desde que seja para porem o Povo a pedir, estão logo todos os políticos de acordo, vai sempre sobrar um pouco para eles !!!

  11. antonio mascarenhas says:

    Viva Portugal! Viva as esquerdas portuguesas.


  12. Que horror apenas aiie quis dizer por bem, se não for a direita a governar que secha a esquerdia, era xô uma ideia, pronto. ..os meus óculos porra outra vez Felgueiras.


  13. O cds/PSD nunca quis saber das opiniões do PS enquanto maioria, agora engole o que fez . quem com ferros mata com ferros m…

  14. Rogério Maurício Oliveira says:

    Sr. João Viveiro,
    Apesar de, desde há muito tempo, não reconhecer nenhuma credibilidade a Francisco Assis, felizmente ainda há quem não siga rebanhos!!
    O assalto ou a golpada a que se refere é tão legítima como a do seu líder Costa..mas com uma diferença, é que a de Assis acertou em cheio no timing..após uma enorme e clara derrota de Costa!!
    Mas pronto, para alguns, a política é como o futebol..o que hei-de dizer?
    Olhem, bom fdsemana a todos!..e aproveite que deve haver bola hoje…

    • José Brás says:

      Não se esqueça, Maurício, que em termos de partido a partido, o PS foi o mais votado. O PaF apenas usa o CDS porque o PP anda com um medo horroroso de ter as suas tropelias à mostra e aliava-se nem que fosse ao diabo.

    • santos says:

      Quem tem dúvidas que costa é um oportunista?

  15. Jaime says:

    Não Axo que seja Golpada: Foi Sacaniçe,Este Tipo andou quase sempre ás Costas dos Sec.Gerais do PS,Agora Deve querer Tomar o Partido: Mas Eu Entendo que Seria Melhor se Abraça-se a Pasta de PORTAVOZ da PAF. e assim Teria Montanhas de Almoços (LeitãoAssado ).
    Assim que a PAF for Corrida do Poder o Sr. ASSIS bem Pode seguir o Mesmo Caminho.. E Assim O Trio Musical fica Completo


  16. Esta é uma questão para o futuro. Quando é que se opoem em aceitar candidates de for a, estilo paraquedistas. Não chore a não intervenção daquele que aceitaram como vosso representante, para a proxima elejam alguém dos vossos e não outros de for a.

  17. Júlio Abrantes says:

    Deveria ter escrito “há pouco tempo” e não “à pouco tempo” – trata-se do verbo haver e não de uma preposição. (Um exemplo: “às 5 horas vou telefonar” e “há 5 horas de diferença nos fusos horários”). O texto está bem escrito mas a gramática… gramática !! (Como diria o saudoso Raul Solnado. Penso que o texto tergiversa para uma ironia inútil abordando o queijo da serra. Francisco Assis é tudo menos esquecido – é um populista (da génese de Portas) que usa as palavras de conveniência no momento mais conveniente. Mas, é um facto, este indivíduo pretende dividir o PS tentando criar clivagens entre os seus membros. Não o vai conseguir – desde logo, pela clarividência exemplar que o autor da “carta aberta” revela e, também, porque, se o acordo à esquerda já está feito, António Costa será Primeiro-Ministro dentro de poucas semanas. A questão central neste momento é, citando alguém, se F Assis não anda à procura de tacho, se, engolindo sapos, o líder do PS não vai ter de lhe dar uma secretaria de Estado. Esperemos que
    não.

  18. carmen says:

    Este pessoal do PS é muito esquisito se eles se voltam contra os próprios camaradas imaginem só como é que eles podem fazer aos dos outros partidos, José Seguro vs Antonio Costa enquanto não o meteu de lá a andar não descansou agora é o Assis vs António Costa. Só posso dizer que esta gente “da-se” bem.

  19. martinhopm says:

    Dizia Francisco Assis à época líder parlamentar do PS. «O Partido Comunista é uma força política com a qual se deve contar para o futuro de Portugal (…) Um PC mais aberto, que compreenda e se adapte melhor às realidades do nosso tempo, sem prejuízo de continuar a ser uma voz mais crítica à esquerda do PS, pode ser útil numa solução governativa.»
    Em que ficamos?

  20. Evaristo José says:

    Boa noite, não se preocupem porque daqui a seis meses terão a oportunidade de todos juntos numa coligação, suponho, se apresentar aos Portugueses e ter ou não o caminho aberto para governar. Golpada foi o que o Sr Costa fez ao presidente do Partido António Seguro , GOLPADA é o que o Sr Costa quer fazer, mas FELIZMENTE temos presidente que vai agir pelos Portugueses como é o seu dever. O GRANDE SR COSTA NÃO CHEGA AO NATAL como presidente do Partido Socialista


    • então que raio de demodracia ´é a vossa? em tantos anos com governos de Direita agora que a esquerda com uma maioria de votos,não querem de forma nenhuma que constitua governo?

  21. Morgado says:

    Concordo plenamente como teor desta carta. Não lhe retiro uma palavra.

  22. pedro says:

    Houve milagre. A farinha desapareceu do saco.

Trackbacks


  1. […] mas sim de todos os socialistas.» [Ora aqui está um comentário interessante] […]


  2. […] AVENTAR.EU 06/11/2015 por Sarah Adamopoulos […]