Aviso à navegação…

Um governo incompetente que não deixa saudades foi derrubado por uma associação de trafulhas dispostos a esbulhar e parasitar o dinheiro que não lhes pertence sob o manto protector de colecta de impostos… Não há almoços grátis nem razões para festejar! Dito isto, espero que o inútil que ocupa o palácio de Belém emposse A.Costa e seus capangas para que a choldra vá novamente a votos até final de 2016, preferencialmente sem PAF nem os rostos que a lideraram e que Assis coloque ordem no Largo do Rato, mas para isso não teria que se limitar a conquistar a liderança do PS, seria necessário atirar para o baú do esquecimento César, Galamba, Santos e mais uns quantos…

Comments


  1. estás borradinho, não???
    😀

  2. outeiro says:

    Rennie!

  3. Maria João says:

    Ó Senhor Dr Outeiro, sem prejuízo da sua mui douta prescrição, eu cá aconselhava o paciente António a tomar KGB… é mais eficaz ajudar a ressacar da perda 🙂

  4. Nightwish says:

    Claro, António, o que Portugal precisa é que a crise fique na mesma e que as pessoas com dificuldades morram, isso é que era!


  5. Ora toca lá a atirar em todas as direções

    Com o Assis e alterações de rostos na direita.

    Monotonous, isn’t it?

  6. João Soares says:

    Assis ? Como é possivel alguém com direito a cartão de cidadão ,como é o caso do sr. António de Almeida , acredite num Assis, chulo ,proxeneta , lambe cus, jihadista aos fins-de-semana,adorador de clios,em suma o maior excremento socialista parido neste Portugal ???

    • ferpin says:

      Enganou-se. O Assis não é adorador de clios. Bem pelo contrário.
      E não é socialista, pelo que o último insulto também estava errado.

  7. joão lopes says:

    outro tipo de aviso á navegação:o Paf embora tenha passado para a oposição,vai continuar sobre o radar,ou seja tambem vai sentir uma durissima oposição,e tambem se vai assistir ás inevitaveis “surpresas desagradaveis” que a governação paf tem para “oferecer”

  8. pSalaberth says:

    O navio de que fala, em primeiro lugar já não navega, está fundeado há muito. Em segundo lugar não é com mais uma demão de tinta que se ultrapassa anos e anos de ferrugem.
    Navegação seria olhar para as jotas com olhos de ver, seria impedir o fenómeno ‘porta giratória’ público-privado, pivado-público, seria ostracizar políticos de carreira com passados manchados, seria… seria bom, seria.